TOP TV WEB

Acabou, E Agora? Como Seguir Em Frente

   Acabou, E Agora? Como Seguir Em Frente

(Divulgação)

Relacionamentos fazem parte de uma vida saudável. Trazendo satisfação e bem-estar, eles interferem diretamente na saúde mental e física. Mas e quando se encerra um ciclo?

Algumas pessoas ao terminarem um relacionamento, acabam intitulando, aquele envolvimento como “relacionamento mal resolvido”, isso acontece quando uma das partes fica mais abalada e tem mais dificuldade em seguir em frente Um tema que está cada vez mais popular quando o assunto é lembrar de uma história que ficou para trás. Mas afinal. O que seria esse “mal resolvido” significa?

Alguns especialistas em comportamentos, explica que quando acontece, é preciso que essa parte olhe para dentro e reorganize esse turbilhão de sentimentos que corre por dentro. Entenda suas emoções, e coloque para fora, fale, procure um amigo ou familiar, o importante é não guardá-las ou escondê-las.

Convidamos uma psicóloga Beatriz Costa, para tirar algumas dúvidas desse assunto delicado que atormenta muitas pessoas, que não conseguem encerrar ciclos.

 

O que é um relacionamento mal resolvido?

-O Ser Humano é um ser relacional. “CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECERÁS OS DEUSES E O UNIVERSO.” (Sócrates) Um relacionamento mal resolvido é um espelho de pessoas mal resolvidas. Vou explicar! Pessoas mal resolvidas insistem em projetar no outro, tudo aquilo o que carregam dentro de si mesmos. Como por exemplo: ansiedade, frustração, medo da solidão, idealização do parceiro, romantização de um amor que não é real e etc. As relações humanas são complexas, porque cada um de nós carregamos um mundo interior, particular e individual, porém repleto de interferências externas. Provavelmente, em um relacionamento mal resolvido, os parceiros só enxergam aquilo o que estão dispostos a ver. Não conversam. Fazem DR (discussão da relação), para piorar ainda mais a relação. Como assim? A DR, nada mais é do que um tiroteio de cobranças e acusações, onde as pessoas não se ouvem, estão ali para atacar e se defender. Como diz Ortega: “Eu sou eu e minha circunstância, e se não salvo a ela, não salvo a mim.” CONHECER A MIM MESMO PARA SABER COMO MODIFICAR MINHA RELAÇÃO COMIGO, COM OS OUTROS E COM O MUNDO. É UMA PRÁTICA DE REFLEXÃO SOBRE NOSSAS ATITUDES, PENSAMENTOS E SENTIMENTOS.

-Qual a importância da famosa última conversa?

Sobre a última conversa, acredito que sim é importante, para colocar um ponto final, naquela história. Precisamos encerrar ciclos para abrir novos caminhos. E só conseguimos quando aceitamos a nossa circunstância real e atual. O ponto central é saber qual a intenção da última conversa? Deixo essa pergunta, para você refletir... Em um relacionamento, você não proíbe coisas, você se COMUNICA. Você diz, por exemplo: Isso me magoa. Então, espera o outro entender e assim, mudar seu comportamento, por sua própria escolha. MAS, se o outro, continua com o mesmo comportamento que te magoa, sinto-lhe dizer que: A pessoa não se importa com você, e muito menos com seus sentimentos. Ou você aceita isso em sua vida, e pára de gastar sua preciosa energia, querendo mudar quem não quer ser mudado, ou você termina, e vai se valorizar, com pessoas dignas de merecer estar ao seu lado. Existem situações, onde o outro já nos mostrou exatamente como funciona. PRESTE ATENÇÃO! Cabe a você escolher: Está disposto a viver essa situação, em sua preciosa vida? As pessoas são o que são. E você, não tem o poder de mudá-las. LEMBRE-SE: A mudança é de dentro para fora. Nem sempre, novas promessas mudam velhos erros!

-Como se livrar do fantasma desse relacionamento?

-Para se livrar do fantasma desse relacionamento, precisamos ter consciência de que somos seres humanos, com falhas e defeitos também. É preciso fazer uma autoanálise sobre si mesmo. Afinal é sempre sobre mim e não sobre o outro! Quando entendemos isso, começamos a nossa jornada do autoconhecimento, que é essencial para todas as relações.

-O mal resolvido os dois sentem, ou é criação só de um lado?

-Se as duas pessoas forem mal resolvidas na relação, os dois vão criar várias situações fantasiadas, ilusórias e romantizadas.

-Como fechar um ciclo do passado?

Para encerrar ciclos é preciso, ser uma pessoa decidida e bem resolvida. É preciso ter clareza sobre o que, de fato, queremos. É preciso saber, sobre o que estou disposto? É preciso olhar e estar inserido em sua realidade e não em sua mente e pensamentos confusos. É preciso olhar e aceitar os seus erros, inseguranças, expectativas, idealizações, achismos e etc. É preciso deixar morrer tudo aquilo que não vive mais em você. E para isso é preciso de muito autoconhecimento e coragem. Abra-se para novas realidades e possibilidades. Enriqueça seu imaginário através das artes, livros, filmes, conversas. Tire o foco de você e se interesse pelas outras pessoas, outros assuntos. Amplie seus horizontes. Afinal: Se eu continuar fazendo aquilo que sempre faço, eu serei ou continuo sendo?

Por: Jéssica Fonseca

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem