TOP TV WEB

Breno Guimarães Conta Toda A Sua Trajetória Artística

 Breno Guimarães Conta Toda A Sua Trajetória Artística

O ator e diretor Breno Guimarães é um grande sucesso nos teatros,na televisão e nos cinemas

(Breno Guimarães-Photo Divulgação)

O ator,diretor,produtor,roteirista ,escritor e professor de educação física Breno Guimarães,conta em entrevista toda a sua trajetória artística.

Breno se destacou por sua versatilidade atuando em obras de comédia e drama.No teatro ele participou dos espetáculos como "TPM,Terapia Para Mulheres","O Menino Que Não Sabia Rir",com a Cia Escaramucha e "Perdoa-me Por Me Traíres","A Vida Como Ela É",de Nelson Rodrigues,a ópera "Macbeth","O Pequeno Príncipe","O Sonho",de Strindberg,dirigido por Moacir Góes,dentre outros.Atingindo  um sucesso de crítica e de público.

No ano 2000.Breno recebeu o prêmio de melhor ator com a peça "Torturas de um coração"de Ariano Suassuna,no Festival Nacional do Teatro,em Florianópolis.

No cinema,Breno atuou em sucessos de bilheteria do cinema nacional como "O Meu Nome Não É Johnny"com o Selton Mello,direção de Mauro Lima,na produção franco-brasileira"Pour Um Autre Monde"(concorreu no Festival de Cannes),de Olivier Behary -Laul-Sirder,com participação do ator francês e rapper,Doudou Mastae.

Breno atuou em vários outros curtas e longas,ao longo de sua carreira.

A sua recente atuação foi no filme "O Crime do Creme",sob a roteirização e direção de Rada Rezedá e Tábita Rezedá.No personagem ele vive um detetive que tenta desvendar os crimes da serial killer,papel vivenciado pela atriz Carol Brasil.

Ele é muito conhecido também por ter vivenciado o personagem,o  treinador Coruja na novela "A Dona do Pedaço" da Rede Globo,dentre outros trabalhos.



(Em cena da série "Sexo e as negas" - TV Globo-Photo Divulgação)


Em entrevista ao ator,diretor e professor de Educação Física Breno Guimarães:

 1)Você tem quais formações?

Sou profissional de educação física. Mas antes fiz 3 anos de Medicina. Me formei também em Administração executiva, Artes Cênicas na CAL e fiz psicologia na PUC, mas não me identifiquei nem com Freud, nem com Jung, só com Jack Nicholson mesmo em Tratamento de Choque rs

2)Quando você descobriu esta tua paixão em atuar?

Namorei uma atriz da Cia de Atores de Laura e fiz um workshop com a irmã dela. Gostei tanto que me matriculei na CAL , sem falar pra ela. So contei quando estreei meu primeiro espetáculo 4 meses depois.

3)Quais trabalhos você mais se destacou como ator?

Na Cia Sarça de Horeb ganhei meu primeiro prêmio de melhor ator com a peça Torturas de um Coração, do Suassuna. Também ganhei prêmios de melhor ator, melhor direção e melhor roteiro com a esquete de humor Bão, o Lutador (um lutador de Vale Tudo que fala todos os termos usados nas lutas, mas com duplo sentido, sem saber, revelando um altar ego "duvidoso").

4) Você tem uma grande experiência como ator,diretor,produtor e roteirista,me fale sobre trabalhar em cada área?

Surgiu por necessidade , no primeiro curta metragem de roteiro meu que fiz e produzi e consegui ganhar 17 prêmios e indicações em 20 festivais internacionais de Los Angeles à Índia, San Diego ,Utah ,Glendale ,New York Cannes Short Corner e diversos festivais nacionais. Paraiso Insólito (Strange Paradise).

5) Você tem um filme "O Crime do Creme" que recentemente você participou como ator,me fale sobre este trabalho?
Foi com direção de Rada Rezedá e participação da atriz brasileira residente em Los Angeles, Carol Brasil. Um filme de suspense policial filmado em Salvador, Bahia.
6)Sobre o seu personagem "O Coruja"na novela "A Dona do Pedaço",o que você tira de experiência nesta realização?

Foi um grande prazer e honra e uma excelente oportunidade pois se tratava de um personagem numa área que eu tenho pleno domínio que é o boxe foi uma grande honra, pois pude contracenar com grandes atores e também com lendas vivas da dramaturgia brasileira, como Marco Nanini etc. O set se tornou muito agradável, só com companheiros generosos que se tornaram amigos, como Duda Nagle, Caio Castro, Léo San e todos daquele núcleo.
E também pelo personagem que, apesar de ser um vilão, tinha um certo humor e obteve um carisma que me rendeu excelentes resultados.

7) Você ao todo quantos anos de carreira na arte?

Desde 1997. Mas, sem saber que seria ator, foi protagonista do videoclipe Pombo Correio, do Moraes Moreira, nos anos 80. Meu primeiro beijo em cena foi ali também.
8)Quantos anos você é personal training?

Desde 1981

9)Você já treinou amigos artistas?

Tive a honra de ser personal do Sérgio Britto, Maria Maya, Cininha de Paula, Fernando Ceylão, Celso Taddei, Enrico Guarinschi, Igor Cotrim e outras feras.

10) Você tem um filme realizado no exterior com o Danny Trejo, nos conte está realização?

Infelizmente está parado no meio, por falta de verba da produtora americana. Torcendo para retomarem.

11)Você tem algum projeto ou trabalho em andamento que a pandemia parou a sua realização?

Sim. O roteiro e projeto do longa Paraíso Insólito que fiz a partir do meu curta premiado de mesmo nome. Tenho também um drama documentário sobre a vida do mestre Claudio Coelho da Nobre ,Arte do Cantagalo que já tirou muitos jovens do crime através de sua filosofia de primeiro formar o cidadão e depois o lutador. Já fui testemunha de vários jovens salvo pelo boxe.
Estou correndo atrás de captação para ambos.

12)Você tem algum sonho não realizado?

Muitos. Sonhos se renovam enquanto estivermos vivos. Produzir e filmar meus dois filmes. Conseguir novos trabalhos em televisão. Viajar pelo mundo afora conhecendo novas culturas. Viajar pelos sets dos filmes que eu mais amei na vida, nos recônditos dos Estados Unidos da América, meu país preferido para viajar. São tantos sonhos que nem sei. Sei que quando realizo um, deito para dormir, acordo e já sonhei de novo com outro sonho. E já vou correr atrás de realizar esse novo sonho, mais uma vez.

13)No pós pandemia oq você almeja?

Almejo que me deixem trabalhar. Almejo que o cinema tenha incentivos que sejam agora de uma maneira menos elitizada e ao alcance dos produtores iniciantes e de pequeno porte. Almejo viver em liberdade novamente.

14)Qual lição de vida você tira em relação ao que nós estamos passando hoje em dia por causa da pandemia?

Olha só muitas lições que nem sei colocar em palavras. Lições muito complexas e humanitárias, as quais a própria humanidade provou que não está preparada. Lição de que somos mais fortes quando unidos e que a humanidade ainda não tem esse dom de se unir, infelizmente. Mas ainda vejo pessoas raras que lutam por isso e que agem como uma pedra lançada num lago plácido, emitindo ondas ao seu redor e alcançando a tudo e tocando a todos à sua volta.
E que assim seja, seja agora e sempre. "O que tiver que ser será e, se não for, ainda assim será." (Shakespeare)

Referência:

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem