TOP TV WEB

Sepet Lança Segundo Capítulo Da Trilogia Menino Rebelde Com Participação De Latro

   Sepet Lança Segundo Capítulo Da Trilogia Menino Rebelde Com Participação De Latro 


Divididos em três episódios, Menino Rebelde dá seguimento a história sobre a vida de jovens da primeira capital do país inseridos no crime



(Divulgação)


Sepet é a mais jovem promessa do rap baiano para o próximo ano, muito autêntico, o rapper desperta a atenção da crítica local (leia), e não deixa a desejar.  Ao lado de Latro, com quem divide a próxima faixa da trilogia, de forma independente, Sepet dá seguimento ao audacioso projeto “Menino Rebelde”, uma produção audiovisual dividida em três capítulos. O segundo episódio do curta-metragem abre os caminhos de lançamentos em 2021, que estreia em, (01), de janeiro, às 14 hs, em seu canal no youtube, disponível ao mesmo tempo o single nas principais plataformas digitais


Em “Menino Rebelde Part ll” fica explícito a crítica sobre a guerra às drogas e a estrutura lucrativa a curto prazo, as ações policiais nas comunidades periféricas de Salvador, o contraste social entre a vivência dos protagonistas no curta e a briga entre dois amigos de infância, parceiros da vida e no crime, separados após a morte de um deles. 


Bilu personagem interpretado por Latro, volta a este episódio para cantar e contar a motivação para qual foi cooptado pelo crime organizado, além de dizer o por que tantos outros morrem: “Trazer a minha observação política e social sobre estes temas é mergulhar na história de pessoas que infelizmente perdi para o crime. Pessoas que eu amava. Ao mesmo tempo é uma honra fazer parte deste trabalho impecável que antecede o lançamento da minha carreira solo, Menino Rebelde é uma obra digna de premiação. Quem sabe surja indicações em algum festivais audiovisual? Seria lindo”, enfatiza Latro. 


Já Sepet, traz as evidências através de suas rimas e em seu personagem Menino Rebelde - (MR), destaca as razões e consequências de quem “opta” pelo crime, e o porque o seu personagem matou o amigo Bilu na estreia de Menino Rebelde, (veja) lançado em, (04), de outubro desde ano: “Volto a dizer, essa é a realidade dos meus amigos de infância e o que a maioria vive hoje. Eu canto o que observo à minha volta. Sigo contente com o que já foi realizado até aqui. Talvez este seja o primeiro trabalho de rap lançado na Bahia em 2021 com toda essa produção. A meta é sair na frente mesmo com um excelente trabalho estreado no primeiro dia do ano, quem sabe colher bons frutos ao longo dos meses, afinal, a parte três vem aí", completa Sepet.


O curta-metragem “Menino Rebelde part ll” tem edição e direção do produtor audiovisual soteropolitano Ramires AX e roteiro por Well Santiago, Sepet, e Latro, a produção executiva ficou por conta da Backstage Assessoria. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência, além do mais, todos os adereços contidos nas imagens são exclusivamente para fins cinematográficos. Os atores e figurantes são amigos, vizinhos e artistas do bairro em que Sepet nasceu e reside.


O single oferece sincronia entre o peso do boom bap com a estética agressiva do trap, conta com a direção e produção musical de Raonir Braz em parceria com RLLXX Beats: “Para fazer essa mistura de ritmos do boom bap ao trap, pensamos primeiramente na temática do que cada MC abordaria. Latro, como ele tem uma abordagem mais política da coisa, acaba se encaixando com a realidade boom bap. Já a agressividade de Sepet, veio a combinar com o trap, vertente a qual o mesmo possui familiaridade”, conclui Braz, um dos colaboradores da produção musical da faixa. 


Sobre Sepet 


Sepet é um artista da música Rap, soteropolitano que retoma a sua carreira em 2020. Iniciado nas batalhas de rimas improvisadas da capital baiana, o MC acumula vitórias em batalhas regionais, como a batalha sediada pela 999, pelo do cantor Baco Exu do Blues, Pia Brotas, qual dividiu palco com MC carioca Orochi, além de participação em colaborações musicais importantes, a exemplo da Cypher Trem Bala Pt. II, qual conta com a presença de figuras marcantes do gênero musical baiano, entre os nomes estão - Xarope Mc, Sepet, há época com apenas 13 anos, Bulldogg, Sabótico, Saqk e a rainha do boom bap, Semiseria, com produção assinada por Dactes. Hoje aos 16, é o protagonista da trilogia Menino Rebelde


Sobre Latro


Natural de Salvador, 25 anos, Latro possui colaborações com artistas independentes do gênero em sua cidade, a exemplo da participação no EPs As Peças do Dominó e Eterna Constância do Smurf Mc, as Cypher BMM Records Ascensão e Plano BMM entre outras parcerias. O MC coleciona participações e vitórias nos circuitos de rimas improvisadas da capital baiana, que também é idealizador da Batalha do EVA, movimento que protagoniza a revelação de novos MC's no território de Nova Brasília, bairro periférico de Salvador, região em que o artista reside. 

Latro antecede o lançamento de sua carreira solo atuando no curta-metragem Menino Rebelde part. I do MC Sepet. Já na Part. ll, trás as suas rimas mescladas a atuação ao personagem Bilu, dando o pontapé inicial para o lançamento da sua carreira solo previsto para o primeiro semestre de 2021. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem