TOP TV WEB

UMA Começa 2021 Com Show Ao Vivo De Lançamento Do Álbum

   UMA Começa 2021 Com Show Ao Vivo De Lançamento Do Álbum

O trio apresenta o show dia 21 de janeiro e mais uma Live sobre Saberes Ancestrais Femininos


                
               (Foto Divulgação / UMA de Tarita de Souza  )                                              


Depois de lançar quatro Videoclipes com a participação de mulheres artistas-visuais e cantoras o trio UMA começa o ano com uma Live Show no dia 21 de janeiro de 2021, às 20h, em seus canais do Youtube e do Instagram.

Além do show, a UMA realiza mais uma Live, desta vez com um tema central presente em todo seu processo criativo, os “Saberes Ancestrais Femininos”, com Anna Sazanoff. A data e horário a ser divulgado nas redes sociais pelo grupo em janeiro.

UMA é um convite para uma vivência sinestésica formado por três mulheres cantoras e compositoras: Thayana Barbosa, Janaina Fellini e Nani Barbosa. Trata-se de um trio com almas femininas, exatamente por esse motivo que UMA é mencionada como feminino, ressaltando a consciência da mulher selvagem que habita em todos os seres.

Elas apresentam músicas que foram criadas a partir de suas imersões e experiências em derivas pela cidade, rituais do sagrado feminino, habilidades de introduzir a sutileza de cantos intuitivos ancestrais, além de trabalhos corporais com experimentações vocais que resultaram na germinação do primeiro álbum do grupo. “É um impulso criativo, que traz a intuição e a reconexão. Este trabalho valoriza não somente o público feminino, mas o potencial em dialogar com tantas outras realidades. Buscamos as raízes profundas de nós mesmas para compor essas músicas e saímos diferentes, esperamos que o público também sinta essa transformação”, diz Nani Barbosa, da UMA.

Trazendo a valorização da alma feminina na música, o grupo traz essa abertura de consciência em suas canções, já que a desigualdade de gênero também é uma realidade na música.

Pouco mais da metade das mulheres já sentiu que seu gênero afetou diretamente seus empregos na indústria da música. Autônoma/freelancers relataram ser maior o preconceito apenas por ser mulher. Isso é o que diz a última pesquisa publicada em 2018, com mulheres que trabalham na indústria da música nos Estados Unidos, divulgada no DATA SIM, em parceria com o WME, compatibilizada com o estudo Women In The U.S. Music Industry: Obstacles And Opportunities, da Berklee Institute e Women In Music. Esse estudo menciona que 84% das participantes já foram tratadas de forma diferente, em suas vidas, devido ao seu gênero e 68% informou que ser mulher afetou o seu emprego.

Aqui no Brasil não é muito diferente, segundo a União Brasileira de Compositores (UBC) apenas 9% do rendimento total distribuído é para mulheres, enquanto 91% é para homens, segundo relatório divulgado em 2020. Nesse contexto, a UMA vem abrir um espaço para essa conversa, expressando a música feminina na história e atualidade, valorizando o fazer musical feminino e validando as qualificações das funções exercidas pelas mulheres na área. “Música Feminina, Brasileira. UMA vem bastante no sentido de totalidade, união, uno, una. A busca por completar-se a partir da outra, ser reconhecida, por estar em si e ser habitada pela outra sem medo de perder autenticidade, construindo um lugar de escuta, de carinho, de alteridade”, diz Janaina Fellini, da UMA.



                                  (Capa do Álbum UMA)


Novos Videoclipes 

Quatro mulheres artistas-visuais e cantoras foram convidadas para colaborar com os videoclipes lançados recentemente, assim elas deram um olhar único para as músicas do disco da UMA.

Música: “Carmim Manchado” com Anná

Link: https://youtu.be/015qRDUBGJ4  

Música: “Leve” com Tarita de Souza

Link: https://www.youtube.com/watch?v=gc_vDYdZ3T8 

Música: “Alma Inquieta” com Rhaissa Bittar

Link: https://www.youtube.com/watch?v=q8G7idUBYLE 

Música: “Corre e Vem Ver” com Paola Ribeiro

Link: https://www.youtube.com/watch?v=q8G7idUBYLE

 

Live SHOW

Composto por performances musicais com letras que invocam saberes ancestrais do universo feminino, acontece na versão online pelo Youtube e Instagram da UMA, dia 21 de janeiro, às 20h. Haverá performance e o repertório serão as músicas do álbum e três canções que cada uma das integrantes irá apresentar, Janaina cantará “Solfejo” de Bernardo Bravo, Nani Barbosa cantará “Hoje a Lua é minha” e Criacura” do seu disco solo Naïf e Thayana Barbosa cantará “Toda Pele” música do álbum que ela lançará em 2021.

O projeto é realizado por meio do Programa de Ação Cultural (PROAC) e permanecerá até março de 2021. O grupo já se apresentou em Curitiba e São Paulo em casas de shows e agora lança o álbum nacionalmente online. O lançamento será composto pela Live Show, Videoclipes em conexão com as composições registradas no Disco UMA  lançado nas plataformas digitais, em 2019. 


Videoclipes e Lives da UMA 2021

 

Live Show UMA

 

Dia: 21 de janeiro de 2021

Horário: 20h

Local: Youtube e Instagram UMA

Youtube: 

https://www.youtube.com/channel/

UCRjNLauYj67ATtLRa75wbWw


Instagram: 

 https://www.instagram.com/umaprojeto/ 


 

Live UMA – Bate papo

 

Tema: Saberes Ancestrais Femininos com Anna Sazanoff

Em janeiro (data e horário serão divulgados em breve)

Youtube: https://www.youtube.com/channel/

UCRjNLauYj67ATtLRa75wbWw

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem