TOP TV WEB

Do Coreto Da Praça Para A Sala De Casa: Conjunto Manteiga De Garrafa Exibe Mostra Virtual De Choro No YouTube

   Do Coreto Da Praça Para A Sala De Casa: Conjunto Manteiga De Garrafa Exibe Mostra Virtual De Choro No YouTube  

Quarteto paulista acaba de divulgar o teaser do projeto, que originalmente seria uma turnê de shows, cancelada pela pandemia; série com apresentações sobre o ritmo brasileiro estreia em 12 de fevereiro 


(Divulgação)


Cada um na sua casa, tocando e gravando sem a 

“conversa” ao vivo entre os instrumentos, reunidos na 

edição posterior. Foi assim, aperfeiçoando técnicas e 

vencendo as dificuldades impostas pelo isolamento social, que o conjunto de Choro Manteiga de Garrafa realizou a Semana Manteiga de Garrafa no coreto - Mostra Online, que será exibida em cinco programas no canal do grupo no YouTube entre os dias 12 e 16 de fevereiro, com uma live na estreia. O vídeo teaser do especial acaba de ser lançado e estará disponível a partir de amanhã (5) nas redes sociais do grupo.   


O quarteto – formado por Bruna Takeuti (cavaquinho)

Rafael Yasuda (bandolim e violão tenor), André Ribeiro 

(pandeiro) e Daniel Bueno (violão 7 cordas) - contratou 

uma equipe de audiovisual e encarou o desafio de tocar 

sem se reunir presencialmente, com resultado impecável.  


A mostra online é uma adaptação do projeto “Manteiga 

de Garrafa no Coreto”, contemplado no Programa de Ação Cultural (ProAC) do Governo do Estado de São Paulo, que consistia em apresentações 

gratuitas em coretos de praças públicas pelo interior 

paulista. Com a pandemia, o grupo precisou reinventar 

sua forma de apresentação, mas sem abrir mão da 

qualidade e da ideia de proximidade com o público.  


O meio digital e a edição caprichada possibilitaram ainda a inserção de uma videoarte produzida no coreto da Praça Carlos Gomes, em Campinas/SP (cidade em que está baseado o grupo), e a participação de dois 

convidados especiais, músicos de referência no meio: 

a flautista Corina Meyer, integrante do Choro das 3, e o 

violonista Alessandro Penezzi.   


“A ideia de levar o Chorinho pros coretos era proporcionar a vivência da música instrumental brasileira como antigamente, com acesso a todos, tocando e conversando com quem estivesse nas praças. Infelizmente não deu e a gente teve que reestruturar", afirma Bruna Takeuti.   


“Esse é o formato em que estamos podendo nos 

expressar, que nos exigiu dedicação ao estudo técnico. 

Foi um momento de aprendizado e reflexão”, pondera o 

bandolinista e violonista Rafael Yasuda. “Em tempos de 

pandemia, pudemos ressignificar nosso projeto sem 

colocar ninguém em risco”, completa o violonista Daniel 

Bueno.  


O pandeirista André Ribeiro acredita que, apesar de não 

estarem nas ruas, cumprirão o propósito de ir aonde o 

povo está. “Acaba sendo uma forma de levar esse 

trabalho para muitas pessoas que talvez não tivessem 

a oportunidade de assistir a uma apresentação ao vivo. 

O alcance aumenta, pois além da rede não ter fronteiras, 

o material ficará disponível e poderá ser acessado 

mesmo após a semana de exibição”.  


A mostra  


Os cinco programas da Semana Manteiga de Garrafa no 

coreto - Mostra Online serão disponibilizados no canal 

do conjunto no YouTube, sempre a partir das 20h, nos 

dias 12, 13, 14, 15 e 16 de fevereiro - semana em que, se 

não fosse o coronavírus, o Brasil comemoraria o 

Carnaval. 


Para a estreia na sexta-feira, dia 12, o projeto contará 

com uma live de abertura, na qual os integrantes e 

convidados abrirão suas câmeras para dar as 

boas-vindas e conversar com a audiência. O encontro 

virtual será moderado por Pedro Spagnol 


No repertório executado pelo conjunto estão clássicos 

do Choro: No coreto (Pedro Amorim); Odeon (Ernesto 

Nazareth); Noites cariocas e Remeleixo (Jacob do 

Bandolim); Gaúcho (Chiquinha Gonzaga); Lamentos e 

Carinhoso (Pixinguinha); Amoroso e Vamos acabar com 

o baile (Garoto); Tico-tico no fubá (Zequinha de Abreu); 

Magoado (Dilermando Reis), Delicado (Waldir Azevedo).   


Ação social  


O projeto original previa, como contrapartida social do 

conjunto ao ProAC, visitas a uma escola de Educação 

Infantil e a uma Instituição de Longa Permanência do 

Idoso (ILPI), ambas de gestão Municipal, em cada uma 

das cidades paulistas que receberia a turnê (Campinas, 

Sumaré, Hortolândia, Indaiatuba, Paulínia, Piracicaba, Itu 

e Valinhos), com o objetivo de promover apresentações 

educativas a um público com menos acesso ou 

impossibilitado de deslocar-se aos locais dos shows. 

Como adaptação ao formato virtual, o Manteiga de 

Garrafa produzirá e disponibilizará para as entidades 

dois vídeos com os temas “História do choro” e 

“Instrumentos do choro”.  


Serviço


Semana Manteiga de Garrafa no coreto - Mostra Online 


Quando: de 12 a 16 de fevereiro, às 20h   


Onde:  canal Manteiga de Garrafa Choro, no 

https://www.youtube.com/channel/UC8RHKuMw9eu8Iwp97SZkNzA  


Links dos episódios estarão disponíveis também no 

site www.choromanteiga.com  


Redes sociais:   

https://www.facebook.com/choromanteiga/  

https://www.instagram.com/choromanteiga/  


Sobre o conjunto  


O Manteiga de Garrafa é um conjunto de Choro em sua 

forma tradicional de instrumentação e sonoridade que 

busca fortalecer e difundir a música brasileira instrumental. 

Seu repertório percorre desde os mais antigos chorões, 

como Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga, passando 

pelos consagrados Pixinguinha e Jacob do Bandolim, até os modernos Choros de Paulinho da Viola. Tem como grande inspiração o célebre conjunto regional Época de Ouro, de Jacob do Bandolim.  


Sobre os integrantes  


André Ribeiro – Pandeiro   


Bacharel em música popular pela Unicamp. Se apresentou ao lado de ícones da música como Alessandro Penezzi e Izaías Bueno de Almeida. Realizou em 2004 o Concerto em Sol Maior para dois bandolins, de Antonio Vivaldi, com a Orquestra Sinfônica da Unicamp. Venceu em 2009 o 8º Prêmio Nabor Pires Camargo - Instrumentista. Gravou cinco discos, sendo o último, “Saudação Campineira”, contemplado pelo FICC Campinas.   


Rafael Yasuda – Bandolim/Violão tenor   


Formado no curso de Música Popular pela Unicamp. 

Gravou o disco “Sambas Contemporâneos” com o grupo “Maíra Guedes e os Baluartes” em 2016. Foi semi-finalista no concurso Exposamba da Rede Globo em 2014. Participou de vários encontros e cursos de Música 

Popular, principalmente de Choro, tais como “Semana 

Seu Geraldo”, em Leme, e “Encontro de Choro Campinas”, nos quais teve aulas com importantes nomes como Pedro Aragão (bandolim) e Mauricio Carrilho (violão). Foi premiado em 4º lugar no 18º Prêmio Nabor Pires Camargo - Instrumentista em Indaiatuba, em 2019. Atualmente cursa Mestrado em Música na Unicamp.  


Bruna Takeuti - Cavaco   


Iniciou sua trajetória musical como cantora em projetos de Samba em Piracicaba/SP e região. Estudou cavaquinho com os grandes cavaquinistas Rafael Barros e Lucas Arantes. Participou de eventos de Choro como “Semana Seu Geraldo”, em Leme, “Festival de Inverno”, da Casa do Choro no Rio de Janeiro/RJ e “Festival da primavera”, da Escola Portátil de Música de Florianópolis/SC, nos quais teve oportunidade de se aproximar da linguagem do Choro carioca com os professores Jayme Vignoli, Maurício Carrilho e Luciana Rabello. Atualmente estuda cavaquinho no curso de Choro do Conservatório Dramático “Dr. Carlos de Campos”, em Tatuí/SP.   


Daniel Bueno – Violão 7 cordas   


Bacharel em Violão Popular pela Unicamp, formado em 2014.  Iniciou seus estudos no choro com Emiliano Castro (em São Paulo, capital) e posteriormente com Eduardo Lobo (Campinas/SP). Assistiu a cursos livres de Choro em Leme, Curitiba e Ourinhos, com Maurício Carrilho e Jayme Vignolli. Atualmente cursa Mestrado em Música na Unicamp, na área de etnomusicologia, com pesquisa sobre a percepção, agência e efeitos da música no cotidiano.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem