TOP TV WEB

Prefeitura Da Cidade Do Rio De Janeiro E Secretaria Municipal De Cultura Apresentam:Bloco Da Pracinha On-Line Estreia No Youtube

   Prefeitura Da Cidade Do Rio De Janeiro E Secretaria Municipal De Cultura Apresentam:Bloco Da Pracinha On-Line Estreia No Youtube


O bloco mais infantil do carnaval carioca contará com 

duas edições virtuais, com oficina de instrumento e de 

musicalização infantil e as marchinhas que fazem 

sucesso na folia infantil

 


(Divulgação)

Chico Buarque nos ensinou que amanhã há de ser outro 
dia. E apesar de você, corona, enquanto o futuro não 
chega, o Bloco da Pracinha segue se reinventando para 
não deixar passar em branco o seu aniversário de 15 
carnavais. Nascido e criado na Praça Pio XI, no Jardim 
Botânico, o bloco com repertório totalmente infantil, 
idealizado pela produtora cultural Chris Martins, vai 
continuar a sua tradição de “concentra, mas não sai”.  Só 
que agora, no YouTube, no canal Barbara Lau  Música e 
Educação, da cantora e educadora musical que faz a 
direção musical do bloco há seis anos.  O Bloco da 
Pracinha on-line é um projeto contemplado no edital da 
Lei Aldir Blanc – Ações Locais, da Secretaria Municipal 
de Cultura do Rio de Janeiro.


-  O primeiro carnaval do bloco foi em 2006 e não podia 

deixar passar seus 15 anos em branco. Por isso, veio a 

ideia de criarmos um evento virtual, para as crianças e 

seus pais pularem em casa – afirma Chris, que criou o 

bloco para pular com sua foliã mirim, a filha Carolina 

Martins Brandão,hoje, com 21anos.


Em vez de ganhar as ruas, o Bloco da Pracinha on-line 

está dividido em dois programas, com 10 minutos de 

duração cada, tendo como público alvo crianças até 10 

anos que curtem carnaval, com seus pais. O primeiro 

estreia no YouTube dia 3 de fevereiro, quarta-feira, a 

partir das 12h, e funcionará como um “esquenta” de 

carnaval.  Além da história dos 15 anos de folia na Praça 

Pio XI, contará com Barbara Lau ensinando a fazer um 

chocalho e promovendo momentos de interação com o 

ritmo da marchinha. Quem quiser acompanhar a oficina é 

só preparar uma garrafa pet pequena com tampa, fitas 

adesivas coloridas, além de miçangas ou grãos de 

alimentos como feijão e milho.


E no dia 6 de fevereiro, sábado, a partir das 10h, como é 

feito tradicionalmente há 15 anos, terá início o Bloco da 

Pracinha on-line. Serão 10 minutos de muita animação 

que irão proporcionar a sensação de estar na Pio XI, com 

Barbara Lau cantando aqueles clássicos que todo mundo 

gosta, em ritmo de marchinha, como ‘O Sapo não lava o 

pé’, ‘Mamãe, eu quero’, ‘Dona Aranha’, ‘Borboletinha’, 

além do Tema do Bloco, especialmente reformulado para 

esse momento on-line. A ideia é promover a interação 

entre as famílias e convidar todas as crianças a brincar 

com seus instrumentos e fantasias, para manter acesso o 

espírito folião, mesmo que do outro lado da telinha.


Mas Barbara Lau não estará sozinha na folia.  Através de 

recursos de edição, os músicos e crianças que a 

acompanham na Pio XI, estarão também presentes no 

bloco on-line, interagindo cantando e dançando.


- Jamais imaginei viver essa situação de estar longe das 

crianças, porém, não podemos perder a esperança 

jamais! Por isso, vamos realizar esse carnaval virtual 

com a mesma animação do presencial! Queremos que 

elas curtam o Bloco da Pracinha, mesmo dentro da 

telinha, por isso tudo foi pensado com muito carinho, 

desde o repertório até o cenário colorido e coreografias. – 

explica Barbara, cantora e educadora musical há 20 anos 

e há seis à frente do bloco.


Vai ter carnaval virtual? Vai, sim senhor! Então é só 

entrar no canal Barbara Lau Música e Educação, no 

YouTube, se inscrever e acionar o sininho. E as 

novidades podem ser acompanhadas também pelas 

redes sociais @BlocodaPracinha (facebook e instagram).

 

COMO TUDO COMEÇOU....


Foi em um carnaval de 2006, que a produtora cultural 

Chris Martins teve a ideia de criar um bloco de carnaval 

como antigamente, para as crianças pularem com seus 

familiares.  E assim surgiu o Bloco da Pracinha, que 

“concentra, mas não sai”, no sábado anterior ao 

carnaval, no horário de 10h e 14h.  A primeira edição 

contou com a bateria mirim do Santa Marta, os palhaços 

do Circo Pio Onzinho e oficina de customização de 

fantasias, comandada pelas moradoras do entorno, 

Tereza Nabuco, Rosa Geszti e Andrea Bacellar.


De lá para cá, o bloco contou com várias atrações, entre 

Meleka de Jacaré, Meninas do Nós, Circo Macaco Prego e 

até o DJ Marcelinho da Lua, já participou do carnaval 

infantil da Praça Pio XI, com um setlist próprio para a 

garotada. Até que um dia, Barbara Lau, cantora e 

educadora musical, apareceu na praça para ver o bloco e 

deu uma canja. No ano seguinte, apareceu para outra 

participação e foi ficando....


E lá se vão seis anos de pura animação, que ajuda a 

consagrar o evento como o principal bloco infantil do 

carnaval carioca, com um repertório totalmente voltado 

para turma pequena de 0 a 10 anos.  Para completar a 

brincadeira, Barbara montou uma banda formada só por 

arte-educadores. E a oficina de customização de fantasia 

hoje é comandada pelo Gato Mia e se reveza com a 

oficina de percussão. E todos brincam animados na 

Praça Pio XI.  Evoé, que o Bloco da Pracinha está na 

área! 

 


SERVIÇO: BLOCO DA PRACINHA ON-LINE


Dia 3/2 – quarta-feira -a partir das 12h  - Esquenta carnaval infantil com  Oficina de instrumento e de  musicalização

Dia 6/2, sábado, a partir das 10h 

Bloco da Pracinha - 15 anos de alegria da Praça Pio XI –com apresentação de Barbara Lau

Local: YouTube Barbara Lau  Música e Educação

https://www.youtube.com/channel/UClgnlqE2beUiEiS49ftNJVQ

Redes Sociais: @blocodapracinha (Facebook e Instagram)

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem