TOP TV WEB

Sandy quase interrompe carreira por causa da sinusite

   Sandy quase interrompe carreira por causa da sinusite

(Divulgação)

A sinusite é um problema que abrange pessoas no mundo todo. De acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, de 15% a 20% da população mundial sofre de sinusite. Muito comum em adultos, atinge mais mulheres do que homens.

Segundo pesquisas realizadas pela universidade de Medicina da USP, 5% da população da cidade de São Paulo sofre com a sinusite e os seus inúmeros incômodos. A sinusite também é o 5º maior motivo para a utilização de antibióticos em todo o mundo, de acordo com a Academia Americana de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Com Sandy, não é diferente. Fora dos palcos desde a última turnê com o irmão Júnior, a cantora fez uma revelação bombástica que, certamente, deixou os fãs preocupados.

No podcast Sistema Solari de Felipe Solari, disse Sandy: “Sou muito alérgica. Choveu e eu estou espirrando... Até sofri com isso há bastante tempo porque tenho uma sinusite crônica. No fim de 2018, eu sofri tanto que cheguei a me questionar se ia continuar a minha carreira, porque me atrapalhava demais”.

Sem dúvida, o depoimento de Sandy mostra um pouco do quanto a sinusite incomoda, no caso dela, quase interferindo numa decisão muito importante. Mas os fãs podem ficar tranquilos, a cantora garantiu que está tudo bem e sob controle.

A exemplo de outras doenças do trato respiratório, a sinusite não é fácil de ser diagnosticada, porque pode ser confundida com outras doenças como a rinite, ou até mesmo com um simples resfriado. Por isso, é importante consultar um médico, de preferência um otorrinolaringologista ou alergista, para um diagnóstico mais preciso.

Alguns sintomas normalmente a denunciam, como as dores de cabeça ou a presença de secreção nasal (amarela ou esverdeada). Sinusite é a inflamação da mucosa dos seios da face, aquela região de cavidades ao redor do nariz e maçãs do rosto. Durante as crises, estas cavidades ficam tomadas pelo muco.

A sinusite pode ser aguda ou crônica. A aguda surge repentinamente e pode durar até 12 semanas. Já a crônica costuma persistir por períodos maiores e ocorre com frequência. Entre as principais causas da sinusite estão fungos, bactérias, vírus, ou agentes alérgenos.

A sinusite viral vem de agentes infecciosos, como a gripe, que costuma durar uma semana em média. A bacteriana também pode vir depois de gripes e resfriados. São causadas normalmente por bactérias da garganta, nariz e até mesmo boca.

Com relação a fúngica, ela ocorre quando a cavidade nasal é tomada por fungos, estimulados por climas úmidos e quentes. Tem maior incidência em pessoas imunodeprimidas.

No caso da sinusite alérgica, é causada geralmente por alérgenos, que devem ser evitados a todo custo. Compõem esse grupo: ácarosmofo, poeira, pólenpelos de animais e fumaça de cigarro, dentre outros mais.

Entretanto, é possível contar com um grande aliado na prevenção de crises quando o assunto é sinusite alérgica. O desumidificador de ar atua diretamente fazendo frente aos elementos que causam a sinusite.

A alta umidade é a grande responsável pela proliferação de microrganismos como ácaros, bactérias e fungos, que dão origem dentre outros ao bolor e ao mofo.

Desidrat mantém a umidade entre 50% e 60% conforme, inclusive, indica a Organização Mundial da Saúde – OMS, como ideal. Desta forma impede a proliferação de microrganismos. Além disso, seu filtro retém impurezas suspensas no ambiente, promovendo um ar muito mais saudável.

Para saber mais sobre o controle de umidade no combate às crises de sinusite alérgica, basta clicar no link:

https://www.thermomatic.com.br/fique-por-dentro/sinusite-o-que-e-sintomas-tratamento-e-prevencao.html

www.thermomatic.com.br

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem