TOP TV WEB

“Cinquentânias - sobre tempo e vida” encerra temporada online com debates após as apresentações e sessões com audiodescrição e tradução em Libras

   “Cinquentânias - sobre tempo e vida” encerra temporada online com debates após as apresentações e sessões com audiodescrição e tradução em Libras 

Montagem já atraiu mais de mil espectadores na internet 

(Tânia,Caetânia e Betânia dividem os dilemas da meia-idade-Divulgação)


Nesta quinta-feira (25), após a apresentação da peça no YouTube, às 21h, o público poderá participar de um bate papo sobre cuidados com a saúde com a roteirista e psiquiatra Rebecca Noguchi, pelo canal do espetáculo no Instagram. Já na segunda-feira, 29, às 19h, o trabalho será apresentado com audiodescrição e, às 20h, com tradução em Libras - os recursos são direcionados ao público com deficiência visual e auditiva, mas pode beneficiar também outros espectadores com outras deficiências e idosos.


A plateia vai ter a oportunidade conversar com o diretor Bernardo Dugin sobre as diferenças da produção do teatro online e presencial,  após a apresentação das 21h, no dia 29.


A peça-filme foi um dos projetos selecionados no edital “Retomada Cultural RJ” da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Lei Aldir Blanc. Os ingressos podem ser adquiridos gratuitamente no site www.cinquentanias.com.


Serviço:


Data: quinta-feira (25/3) - apresentação às 21h e palestra com Rebecca Noguchi no Instagram após a peça / segunda-feira (29/3) - sessão com audiodescrição, às 19h e com tradução em Libras, às 20h. Após a apresentação das 21h, debate com o diretor Bernardo Dugin 

Apresentação: canal @cinquentanias no YouTube 

Debates: canal @cinquentanias no Instagram 

Ingressos: www.cinquentanias.com

Classificação: 12 anos

Duração: 50 minutos 


Mais sobre Cinquentânias: 


No seu aniversário de 50 anos, Tânia desaparece, deixando um vídeo de despedida e levando consigo objetos de valor sentimental. Atordoadas com o sumiço repentino, suas irmãs Betânia e Caetânia tentam convencê-la a retornar. Quando se encontram, as três dão início a um fervoroso debate sobre envelhecimento, saúde e solidão. Com texto inédito da escritora, psiquiatra e pesquisadora Rebecca Noguchi, direção de Bernardo Dugin e atuação de Cil Corrêa, Cyomara de Paula e Tânia Noguchi, a peça, com drama e comédia, convida o espectador a refletir a respeito da implacabilidade do tempo, da fugacidade das memórias e do sentido da vida.


Elenco: 


Cil Corrêa, Cyomara de Paula, Tânia Noguchi


Ficha técnica: 


Roteiro: Rebecca Noguchi 


Direção artística e direção de produção: Bernardo Dugin


Assistência de direção: Bibiana Beurmann e Rebecca Noguchi


Direção de fotografia: Philippe Noguchi e Leandro Pagliaro


Direção de arte: Bernardo Dugin e Branca Bronstein


Iluminação: Philippe Noguchi


Figurino: Maria Izabel Leal


Execução de figurino: Maria Izabel Leal e Monica Bonin


Visagismo: Claudia Massena e David Massena


Equipe de produção: Ana Paula Lengruber, Carol Beurmann e Rodrigo Freitas


Assistente de set: Paola Marinho


Operador de câmera: Philipe Noguchi e Leandro Pagliaro


Edição e montagem: Philippe Noguchi  e Rodolpho Pupo


Colorista e finalizador: Philippe Noguchi


Operador de som: Marcel Costa, Microfonista e Marcelo Caseiro


Trilha original: Tânia Noguchi


Direção musical: Tânia Noguchi


Som e mixagem da trilha: Estudio Z (Nova Friburgo) e Zé Renato Daudt


Violão e Flauta: Daniel Rebel


Violinos: Oswaldo Velasco


Violas: João Senna


Violoncelos: Miguel Bevilaqua


Piano e arranjos: Diogo Rebel


Designer gráfico: Julia Sampaio


Mídias sociais: Isadora Massena e Naiara Rentes


Assessoria de imprensa: Naiara Rentes e Emanuel Barata


Prestação de contas: Seafi e Camilo Santos


Contabilidade: Gelson Corrêa de Almeida


Direção de elenco e supervisão geral: Antonio Karnewale

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem