TOP TV WEB

Dia Internacional da Mulher - uma oportunidade para quebrar a invisibilidade das mulheres com deficiência

   Dia Internacional da Mulher - uma oportunidade para quebrar a invisibilidade das mulheres com deficiência

O CENSA Betim, instituição referência nacional há 56 anos nos cuidados a pessoas com deficiência intelectual, trabalha para combater as barreiras que impedem a inclusão

Vivemos em uma época em que a inclusão e a igualdade são bastante reivindicadas e nesse sentido, as mulheres acabam se tornando agentes de transformação e de luta. No entanto, o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), das 45 milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência no país, cerca de 25,8 milhões são mulheres e assim, os desafios para elas são bem maiores que para os homens. Desta forma, inclui-las na sociedade e mostrar que não são invisíveis são desafios assumidos pelo CENSA Betim (Rodovia Fernão Dias, Km 494 – S/N Betim – MG), com 56 anos de história e referência nacional quando o assunto é o cuidado às pessoas com deficiência intelectual. Para a instituição, o Dia Internacional da Mulher reforça a necessidade de se incluir, cada vez mais, as mulheres na sociedade, independente da sua condição.

Para a mestre em psicologia e diretora do CENSA Betim, Natália Costa, hoje as mulheres estão se posicionando mais e ocupando seus lugares de fala, seja na família, nos relacionamentos afetivos e no mercado de trabalho. Porém, ainda há muito o que ser trabalhado em prol de uma sociedade mais inclusiva. “É preciso combater a falta de oportunidade para mulher na sociedade. Se a mulher sem deficiência já enfrenta algumas dificuldades e preconceitos, em se tratando de mercado de trabalho, principalmente, para as mulheres com deficiência, a situação é muito mais desafiadora”, explica.

Segundo Natália Costa, existe um descrédito social, em relação à capacidade da pessoa com deficiência. Somando-se a isso o machismo e a misoginia, a situação da mulher com deficiência na sociedade muitas vezes beira o extremo da exclusão. “Existe a crença na incapacidade da mulher com deficiência. Com isso, muitas vezes assistimos a um isolamento social, transformando-as, em pessoas invisíveis. Se a essa condição se soma a negritude e a pobreza, a situação piora acentuadamente. Por esse motivo, nos nossos 56 anos de história do CENSA Betim, sempre trabalhamos para incluí-las na sociedade e prova disso, é que mais de dois mil educandos com deficiência intelectual já passaram por aqui. Essa passagem ajudou não só suas famílias a quebrarem barreiras, mas criou oportunidade e estímulo à inclusão e educação, como também incrementou na formação de profissionais especializados. Aqui nós fazemos questão de estar ao lado da mulher, seja ela educanda, colaboradora, mãe, irmã ou cuidadora, com ou sem deficiência, mostrando que se existe alguma barreira, nós estaremos sempre prontos para combater”, conclui. Hoje temos colaboradoras com deficiência em nosso quadro funcional, acolhemos as mães de nossos educandos e trabalhamos para uma sociedade mais igualitária e inclusiva.

Estrutura

Para o atendimento que cada educando demanda, o CENSA Betim oferece três diferentes modalidades de atendimento para o público. “Temos a convivência dia, que acontece de segunda à sexta, de 08h às 17h e o atendimento Integral, com funcionamento 24 horas que engloba hospedagem por tempo indeterminado. Além destas duas modalidades, a instituição ainda conta com a hospedagem periódica, que é especificamente para os planos de finais de semana, férias ou de acordo com as necessidades de cada família. Ou seja, tudo para atender da melhor maneira todos os nossos educandos e as necessidades dos país e cuidadores”, conclui a psicóloga e diretora do CENSA Betim, Natália Costa.

CENSA

O CENSA foi fundado no ano de 1964 pela educadora Ester Assumpção, mulher à frente de seu tempo, que trabalhou com Helena Antipoff no Instituto Pestalozzi. Dona Ester, como era carinhosamente chamada, acolhia em seu próprio lar crianças com deficiência cujas famílias não podiam fixar residência em Belo Horizonte. Assim nasceu o CENSA, de um sonho, um ideal de uma educadora, cujo desejo de cuidar e amparar crianças com deficiência e suas famílias era genuíno e se materializou em quatro instituições por ela fundadas: CENSA, APEX, Instituto Ester Assumpção e Clínica São José.

Centro Especializado Nossa Senhora D'Assumpção

Endereço: BR-381, 494 - Jardim Petrópolis, Betim – MG

Telefone: (31) 3529-3500

E-mail: contato@censabetim.com.br

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem