TOP TV WEB

iMusician chega ao Brasil para diversificar a cena musical independente

  iMusician chega ao Brasil para diversificar a cena musical independente

Com mais de 300.000 artistas e selos independentes ao redor do mundo, a plataforma suíça facilita a venda, gerenciamento e monetização das obras 

(Divulgação)

O Brasil acaba de receber a iMusician, plataforma digital suíça de serviços musicais, que atende mais de 300.000 artistas e selos ao redor do mundo, possibilitando que músicos independentes construam uma audiência global por meio de mais de 250 plataformas, entre Spotify, YouTube Music, Apple Music, Amazon, TikTok e Instagram, lojas específicas de música eletrônica, como Beatport, Traxsource e Juno, além de lojas regionais populares em todo planeta.

Fundada em 2007, a iMusician nasceu com um espírito rebelde e um objetivo nobre: derrubar as paredes erguidas pela indústria da música que mantêm artistas e selos prejudicados pelas grandes gravadoras. Em 2011, conseguiu o direito de músicos independentes entrarem nas paradas europeias e, desde então, a comunidade de artistas e selos da plataforma teve mais de 316 mil artistas de mais de 130 países“Assistimos em primeira mão ao colapso das lojas de discos físicos e ao surgimento de lojas digitais e plataformas de streaming. Vivemos essa história e nossa empresa evoluiu com isso” afirma Tobi Wirz, Co-fundador, COO e dono do selo SOG Records. “Sabemos como é difícil encontrar as informações necessárias para acessar o mercado, afinal, os segredos da indústria musical estão bem guardados. E é por isso que queremos ajudar artistas a colocar projetos em prática” completa.  

Desenvolvida por músicos e para músicos, a plataforma oferece diversas soluções para alavancar o processo de criação de carreira, permitindo que os artistas masterizem, vendam e gerenciem  seus projetos. Além da distribuição, iMusician disponibiliza ferramentas próprias de Masterização Online, Monetização no Youtube e Marketing Digital.

“Acreditamos que a música não deve ser apenas um hobby e que os músicos merecem ser pagos. Todos devem ter acesso igual ao mercado e focamos no desenvolvimento contínuo de um produto que permita que isso aconteça. A localização da plataforma é essencial para oferecer um serviço de real qualidade em cada país em que começamos a atuar: não basta traduzir um site e manter os valores em dólares ou euros, é preciso estudar o mercado, oferecer preços que façam sentido para o consumidor e trazer uma equipe brasileira que tenha conhecimento sobre a cena local”, diz Shigs Amemya, Co-fundador e CEO.

Por acreditar no poder de uma comunidade global unificada, o time da iMusician é formado por profissionais de 16 nacionalidades, todos da indústria musical, como DJs, gerentes de selos e Tour Managers, que utilizam essa experiência para projetar um serviço que facilita o desenvolvimento sustentável de negócios para músicos e selos independentes. 

“Somos parte da mesma comunidade e entendemos os obstáculos e problemas que os artistas enfrentam todos os dias. Nossa equipe de gestão de artistas e Selos conversa com nossa base, não são apenas e-mails enviados para resolver problemas, são diálogos” pontua Anna Dirella, baterista e Head da Gestão de Artistas & Selos.

Com serviços desenvolvidos para que músicos independentes possam se concentrar na criação, iMusician oferece packs de lançamento - baseados em estratégias testadas e aprovadas pela própria equipe -, como Studio Pro Pack, projetado para músicos eletrônicos (6 faixas) e Spotify Special Pack, criado para aumentar as chances de entrada nas playlists oficiais das plataformas.

O DIY faz parte do DNA da empresa, que traz opções de preço flexíveis para cada etapa da carreira do artista, sem taxas de renovação anual, ISRCs inclusos e suporte humano real, em até 6 idiomas e em 24 horas, por e-mail e telefone, tornando mais fácil para que músicos e selos sejam financeiramente sustentáveis e possam se atentar à produção musical e não só à papelada burocrática.

Com layout simplificado, permitindo que artistas façam upload em plataformas globais de um jeito fácil, a iMusician também garante que o usuário acompanhe as principais tendências e permite o gerenciamento e rastreamento de vendas das músicas, fluxos e receita, por meio de relatórios que incluem dados financeiros detalhados de cada lançamento.

É possível ainda lançar a cadastrar sob uma mesma conta diferentes artistas, membros da banda ou compositores sem nenhum custo adicional e, além disso, o valor gerado pelas músicas pode ser retirado mensalmente, sem precisar ter um saldo mínimo. Também como diferencial do mercado, não é necessário um contrato de exclusividade e caso o usuário queira retirar as músicas distribuídas pela iMusician, é possível.

“Nosso principal objetivo é oferecer soluções, estando atentos às mudanças que afetam o setor, oferecendo ferramentas baseadas no panorama atual. Tentamos fugir do modelo de comissões abusivas ou contratos que prendam o artista à plataforma. Não é sobre o hype: iMusician foi feita para os artistas, não para a indústria”, finaliza Tobi.

Para entrar para a comunidade e ter acesso a todos os serviços oferecidos, basta que o usuário crie uma conta gratuita no site da iMusician. A partir daí, a plataforma envia um e-mail para confirmação da conta e, posteriormente, já é possível acessar seu próprio painel de controle pessoal para gerenciar suas músicas.

Entre os principais serviços disponíveis estão: Distribuição de música digital, Artist Pro, Monetização no YouTube, registro de Selos, Masterização instantânea, Studio Mastering por JP Masters, Prensagem de vinil e CDs e Sincronização para cinema e TV.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem