TOP TV WEB

Mulheres vivem sete anos a mais do que os homens

   Mulheres vivem sete anos a mais do que os homens

Prevenção e cuidados são o caminho para a longevidade, diz especialista

(Dr.Augusto Vilela-Divulgação)

A proximidade do Dia Internacional da Mulher chama a atenção para as muitas habilidades femininas. Seja como chefe de família, diretora em uma grande empresa, mãe em tempo integral ou assumindo múltiplas funções, as mulheres mostram que estão cada vez mais a frente do seu tempo. A expectativa de vida do brasileiro aumentou de 76,3 anos para 76,6 de acordo com os últimos dados do IBGE. Vários fatores estão relacionados a este aumento, como a condição sócio econômica, acesso à saúde, saneamento básico, educação, etc. Mas outro dado que chamou a atenção é a diferença entre a expectativa de vida da mulher e do homem. Elas vivem cerca de 7 anos a mais e a expectativa de vida passou de 79,9 para 80,1 anos para as mulheres. Já para os homens, o aumento foi de 72,8 anos para 73,1 anos.

De acordo com o cardiologista, membro da Sociedade Brasileira de cardiologia, Dr. Augusto Vilela, alguns fatores explicam esta diferença. “As mulheres têm uma tendência maior a cuidar da saúde, estão mais atentas aos sinais do corpo e por se cuidarem mais; as ações preventivas naturalmente impactam na expectativa de vida delas. A grande maioria dos homens busca por ajuda médica somente quando apresenta algum sintoma de que a saúde não vai bem. As próprias campanhas de prevenção e combate a determinadas doenças são mais voltadas para as mulheres justamente por elas terem este cuidado maior. Mas este é um comportamento cultural que precisa ser mudado, pois a saúde é um bem precioso na vida de todos, seja homem ou mulher”, afirma.

Consultas periódicas, exames regulares e alimentação saudável deveriam fazer parte da vida de todas as pessoas, mas a rotina agitada e a falta de tempo fazem com que estes cuidados não sejam prioridade, ficando sempre para segundo plano. “Muitas doenças que acometem os homens a hipertensão, poderiam ter um diagnóstico precoce se o cuidado com a saúde fosse mais intensificado. A prevenção de uma doença como esta é feita através de exames regulares e a eficácia no tratamento está diretamente relacionada ao diagnóstico precoce”, alerta o médico.

Cuidar da saúde desde cedo é o segredo para ter uma velhice com qualidade e disposição. “Manter bons hábitos de vida, está relacionado aos cuidados com a alimentação, prática de atividades físicas e acompanhamento médico de tempos em tempos. Tanto os homens quanto as mulheres precisam cuidar da saúde de maneira geral, sem esquecer dos cuidados específicos para a saúde feminina e masculina. Ir ao médico e realizar exames periódicos é parte fundamental nos cuidados com a saúde do paciente. A expectativa de vida de uma pessoa está diretamente relacionada com seus hábitos e cuidar da saúde é um dos pilares da uma vida longeva”, finaliza.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem