TOP TV WEB

Tratamentos estéticos ganham força no combate à diástase

   Tratamentos estéticos ganham força no combate à diástase

Condição apresenta melhora significativa quando aliada à fisioterapia, medicina e acompanhamento estético

(Imagem internet)


A Diástase é conhecida como o alongamento ou estiramento de uma estrutura de tecido muscular do abdômen, fazendo-o perder a forma, força e função. Normalmente presente em gestantes de bebês grandes, gestações gemelares ou muito próximas, esse mal também acomete pessoas obesas, que carregam muito peso na região abdominal, ou que possuem uma postura irregular no dia a dia.

Essa condição afeta todo o resto do sistema do nosso corpo, gerando compensações em membros inferiores, vértebras, assoalho pélvico e vísceras. Além disso, também pode provocar incontinência urinária, dificuldades em realizar alguns movimentos, dores lombares e nas coxas.

De acordo com a esteticista Letícia Diani, da Beauty House: “Existem alguns exercícios de respiração que ajudam a avaliar se há ou não essa condição. Pode haver uma saliência no meio da barriga, que pode ser perceptível apenas quando os músculos abdominais são tensionados, como durante a tosse.” As pessoas também podem se certificar deitando-se de barriga para cima e pressionando os dedos indicador e médio cerca de 2 cm acima e abaixo do umbigo, respectivamente. Depois, contrair o abdômen, como se fosse realizar um exercício de abdominal. O normal é que ao contrair o abdômen, os dedos saltem um pouco para cima, em caso contrário, pode ser considerado uma diástase.

Muitos tratamentos podem ser realizados para melhorar essa condição, mas o ramo da estética vem se destacando com seus protocolos. “Unimos técnicas eficazes para o tratamento da diástase, como eletroterapia e massagem. Também aplicamos exercícios de respiração e de fortalecimento da musculatura na própria clínica”, complementou Letícia. Lembrando que fisioterapeutas e médicos também podem colaborar para uma melhora mais significativa.

É importante ressaltar que algumas pessoas que possuem a diástase devem tomar muito cuidado com exercícios físicos que irão realizar, eles precisam ser sempre acompanhados de um profissional capacitado para não agravar essa patologia.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem