TOP TV WEB

Energia solar pode reduzir valor da conta de luz

   Energia solar pode reduzir valor da conta de luz

Redução na tarifa mensal deve variar entre 50% a 95% a médio e longo prazo

(Divulgação)

Segundo a ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Brasil tem hoje, 80% de sua matriz energética trazida de fontes renováveis, contando com, aproximadamente, 170 mil MW (megawatts) de potência supervisionada. A substituição da energia convencional pela solar pode reduzir o custo da conta entre 50% a 95%, seja a curto, médio ou longo prazo.

Gustavo Henrique de Almeida é CEO da Amerisolar Brasil (uma fabricante de módulos fotovoltaicos, localizada em Confins, região metropolitana de Belo Horizonte, que fornece seus equipamentos para o mercado interno e do exterior). Para ele, “essa vantagem pode ser melhor observada, em média, sete anos depois, pois, é quando o investimento em energia solar acaba sendo pago automaticamente pelo dinheiro economizado com o corte dos custos excessivos com a luz”.

Os benefícios vão muito além da economia com os gastos diários.  A energia solar também não causa impactos ao meio ambiente. Ela é totalmente sustentável. Nos últimos 2 anos, a energia limpa teve um avolumamento de 90% em todo o país, sendo que Minas Gerais é considerado o estado brasileiro que mais possui micro e mini usinas de energia solar instalada nas empresas e lares.

Ademais, Gustavo elucida que esse artifício é reaproveitável e 100% natural, devido ao seu lugar de origem, e do reaproveitamento não afetar o meio ambiente, ou seja, ambos são gerados pela natureza. “Recurso renovável e limpo, visto que a fonte geradora de energia é o sol, não há danos à natureza e nem à atmosfera", completa.

Mais economia e mais recursos

O impacto da adoção da energia solar não é somente na conta de luz, mas também no orçamento da casa ou organização. O SEO relata que “investir em energia solar diminui os custos de manutenção dos sistemas de calefação de água, além das despesas elétricas, sem contar que a durabilidade dos painéis solares fotovoltaicos é de cerca de vinte anos, ou seja, trata-se de um investimento em longo prazo, que reduz os gastos, colabora com o meio ambiente e ainda dura por muitos anos”.

Outro ponto que favorece a adoção da energia solar no Brasil, é o fato de ter a Amerisolar Brasil, multinacional instalada. Com uma empresa desse porte operando dentro do país, o custo com produção, tributação e instalação também será reduzido para as empresas do segmento, impactando diretamente no valor final para o consumidor.

Outrossim, o empresário confirma que a tendência do setor é crescer. Além de contribuir com a natureza, as categorias econômicas dos municípios também saem ganhando. Se novas instituições de negócio chegam na cidade, as oportunidades profissionais também aumentam, novas indústrias: novos postos de trabalho. “Será possível expandir ainda mais o setor para outras cidades além dos polos que já estamos acostumados. Com isso, a economia local também poderá ser beneficiada com a criação de negócios e mais empregos”, garante.

A ABSOLAR projeta um crescimento num futuro próximo, em mais ou menos 5 anos, as indústrias de energia límpidas devem movimentar o mercado, algumas com mais presteza, outras de forma mais simplória, porém, todas com o mesmo direcionamento, conscientizar um maior número de pessoas sobre a geração de energia solar e serem commodities desde a produção, até o momento do consumo.

Será de fato uma nova realidade de vida, com mais consciência ambiental, economia e gerando, automaticamente, um bem maior à população. A ideia é que se expanda e alcance desde as classes mais baixas, até a mais alta patente classe presente na sociedade contemporânea.

Fonte: Gustavo Henrique de Almeida, CEO da Amerisolar Brasil, Doutor em Direito Privado e Professor Universitário. Possui experiência com Gestão, Consultoria, Implantação de novos negócios, avaliação de risco empresarial, Product Owner de startups.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem