TOP TV WEB

Projeto de combate à fome arrecada doações para distribuir cestas básicas e implantar hortas comunitárias em Araraquara, SP

  Projeto de combate à fome arrecada doações para distribuir cestas básicas e implantar hortas comunitárias em Araraquara, SP


(Divulgação)

Além de fornecer alimentos básicos, iniciativa aposta no conceito de hortas agroecológicas para beneficiar a população a longo prazo.

Em um país marcado pela desigualdade social, a pandemia fez com que a falta de comida na mesa voltasse a ser uma triste realidade para muitos brasileiros. Segundo os dados do “Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil”, desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede Penssan), mais de 100 milhões de brasileiros não têm acesso pleno e permanente a alimentos e mais de 19 milhões efetivamente passam fome, em um quadro de insegurança alimentar grave.


De acordo com os dados do inquérito, mais da metade da população está em situação de insegurança alimentar, seja leve, moderada ou grave. O total passou de 36,7% dos domicílios, em 2018, para 55,2% no final do ano passado.

 

Com uma população de aproximadamente 238.339 pessoas, a cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, também enfrenta o desafio de combater a fome.  Em março de 2021, o número de inscritos no Cadastro Único para programas sociais da prefeitura, era de 14.866 famílias, sendo 6.368 delas em situação de pobreza (renda por pessoa de R$ 89,01 a R$ 178) e extrema pobreza (R$ 0 a R$ 89).

 

Por isso, em mais uma ação voltada para amenizar os efeitos sociais da crise gerada pela pandemia de Covid-19, a LS Nogueira está empenhada em colaborar com essa causa que é urgente.

 

Neste sentido, está apoiando o projeto criado pela Horta Comunitária da Zona Norte, executado em parceria com a Fundação Toque, reconhecido com a tecnologia social Agrogueto, que tem o objetivo de desenvolver autossuficiência alimentar e econômica para a periferia de Araraquara, cidade do interior de São Paulo.


O Agrogueto é uma tecnologia social baseada em ocupação visual no formato de hortas mandala e que discute a ressignificação de espaços urbanos para produção de alimento biodiverso de forma autossuficiente.

 

O projeto consiste em:

 

- Fornecer cestas básicas compostas por itens básicos (arroz e feijão), além de verduras e legumes, substituindo alimentos processados, por itens agroecológicos (frutas, hortaliças, etc) ricos em nutrientes, por um período de 5 meses.

 

- Formar 10 núcleos independentes, com capacidade para atender 500 famílias (por núcleo), totalizando 2500 pessoas assistidas. A meta com esses 10 núcleos é amparar cerca de 25 mil pessoas!

 

- Entregar 200 hortas agroecológicas que seguirão o padrão da tecnologia social Agrogueto.

 

 Quem tem fome, tem pressa

 

A Fundação Toque entrou com um pedido junto à Prefeitura e ao COMCRIAR - Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara, e conseguiu uma autorização especial para fazer o repasse imediato das doações realizadas para o projeto.  A medida vai agilizar o processo de compra das cestas e ajudar a amenizar a fome no município.

 

Como ajudar

 

As doações podem ser feitas diretamente na conta do FIA (Fundo da Infância e da Adolescência) gerido pelo COMCRIAR (Conselho Municipal da Criança e Adolescente de Araraquara).

 

O projeto está amparado pela Lei de Incentivo da Criança e Adolescente, que permite que a pessoa jurídica destine 1% do seu Imposto de Renda e a pessoa física até 6%.

 

Para obter mais informações sobre o projeto e saber como doar, acesse: https://www.lsnogueira.com.br/projeto/um-toque-que-salva-vidas-combate-a-fome/

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem