TOP TV WEB

Novos nomes do MMA são os protagonistas da nova temporada de ‘Nascidos para o Combate’

  Novos nomes do MMA são os protagonistas da nova temporada de ‘Nascidos para o Combate’

Série conta as histórias de Deiveson Figueiredo, Amanda Ribas, Charles do Bronx e Raoni Barcelos


(Divulgação)


A série documental “Nascidos para o Combate” chega a sua quinta temporada contando a história de novos nomes do MMA que vêm se destacando no cenário internacional. Produzido pela Mixer Films em parceria com o Combate e o UFC®, o audiovisual é exibido pelo canal nas segundas-feiras, às 21h.


Serão quatro episódios com direção de cena de Daniel Billio e direção geral de Rodrigo Astiz, cada um com uma hora de duração. “Nascidos para o Combate” contará em detalhes a trajetória de quatro grandes promessas: o campeão peso-mosca Deiveson Figueiredo, a mineira de Varginha Amanda Ribas, o desafiante ao título peso-leve Charles do Bronx e o carioca Raoni Barcelos. Por meio de depoimentos dos atletas, familiares e treinadores, o público vai poder acompanhar a vida dos lutadores desde os primeiros passos nas artes marciais até a chegada ao famoso octógono do UFC.

 

No episódio de estreia, é apresentada a história da mineira Amanda Ribas que tem as artes marciais no sangue. Aos dois anos de idade, começou a ter aulas de jiu-jitsu com seu pai, o treinador e mestre da modalidade Marcelo Ribas. Aos quinze, teve a oportunidade de treinar judô e se classificou para as seletivas para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Uma sequência de lesões acabou afastando Amanda do sonho de uma medalha de ouro, mas a aproximou da elite do MMA mundial.

 

O segundo episódio traz o peso-leve Charles do Bronx. Criado em uma comunidade de São Paulo, o jovem encontrou refúgio no jiu-jitsu, esporte que começou a treinar aos 12 anos. Em sua estreia no UFC, em 2010, Charles conquistou o bônus de “Finalização da Noite” após vencer Darren Elkins com uma chave de braço. De lá para cá, foram muitas vitórias dessa forma que garantiram a ele o recorde de maior número de finalizações da história do UFC, com 14. Charles se prepara, no momento, para o maior desafio da sua carreira até hoje. O paulista vai lutar pelo cinturão peso-leve do UFC no dia 15 de maio.

 

No terceiro episódio, é a vez do campeão Deiveson Figueiredo ter sua trajetória recontada. Natural de Soure, no Pará, e conhecedor da tradicional luta marajoara, Deiveson já passou por todo tipo de experiência até se tornar um lutador de MMA. Vaqueiro, cabeleireiro e sushiman foram apenas algumas das profissões que o paraense encarou ao longo da vida. Campeão peso-mosca do UFC desde o ano passado, o Deus da Guerra - como é conhecido - vive seu melhor momento e se diz pronto para encarar qualquer desafio.


Encerrando a quinta temporada de Nascidos para o Combate, Raoni Barcelos é outra estrela em ascensão no UFC. Neto de um lutador de vale-tudo e filho de um dos maiores mestres de jiu-jitsu do Brasil, o atleta carioca entrou no MMA com apoio de peso. Raoni é apadrinhado por Glover Teixeira e treinado pela lenda do esporte Pedro Rizzo. Invicto no UFC, ele agora busca voos mais altos e já sonha com o cinturão peso-galo da organização.

 

As quatro primeiras temporadas de ‘Nascidos para o Combate’ estão disponíveis no UFC Docs, plataforma que reúne todo o conteúdo audiovisual produzido pelo Canal Combate e produtoras nacionais em parceria com o UFC Brasil. Ao todo, são mais de 70 horas de material, divididas em mais de 100 episódios de 17 títulos diferentes, todas disponibilizadas de forma gratuita pelo site https://www.ufcdocs.com.br/.

 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem