TOP TV WEB

INSTITUTO COCA-COLA E INSTITUTO PHI APOIAM A CAMPANHA "FOME DE AÇÃO"

  INSTITUTO COCA-COLA E INSTITUTO PHI APOIAM A CAMPANHA "FOME DE AÇÃO"

O OBJETIVO É LEVAR DOAÇÃO DE ALIMENTOS PARA REGIÕES INVISIBILIZADAS DO BRASIL.


(Divulgação)

“Fome de Ação” é uma campanha de caráter emergencial para contribuir com o enfrentamento da fome no Brasil. Uma cooperação entre negócios de impacto, liderada por mulheres, para mapear agentes de transformação local, mobilizar recursos e, assim, ampliar o mapa de distribuição de doações pelo território nacional.

 

As mobilizações existentes hoje não são insuficientes para mitigar todos os efeitos da fome, potencializados pela pandemia. Neste momento, cerca de 58 milhões de brasileiros correm o risco de deixar de comer por não terem dinheiro.*

 

A estratégia da campanha é descentralizar a distribuição de alimentos para alcançar territórios e grupos invisibilizados: locais de difícil acesso logístico, dificuldade de comunicação, comunidades indígenas, quilombolas, ribeirinhas e caiçaras, agricultores familiares, vendedores ambulantes, imigrantes e refugiados, que estão onde as doações demoram a chegar, ou não chegam.

 

A campanha conta com a parceria do Instituto Coca-Cola e o Instituto Phi, que já doaram 270.000,00 mil reais para apoiar 9 instituições mapeadas no Tocantins, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Sergipe e Pará. 

 

“É importante trazer visibilidade para a real situação brasileira. Mesmo com o sucesso de grandes campanhas nacionais de doação, há milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar que não estão sendo alcançadas. Precisamos agir rápido para fazer as doações chegarem mais longe", explica Flora Bitancourt, uma das lideranças do movimento. 

 

É possível doar para a campanha "Fome de Ação" através da plataforma (www.fomedeacao.com.br) As doações são registradas dentro dos parâmetros de transparência do Instituto Phi, através de fotografias e coletas de dados de todos os apoiados.

 

* fonte: jornal El Pais, maio 2021

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem