TOP TV WEB

 PODCAST 


 O Pod Drama, Primeiro Festival de Podcast para autores brasileiros chega à reta final e abre votação popular para escolher o melhor Podcast.

No dia 18 de junho, o Pod Day vai contar com a participação de profissionais convidados do mercado de podcast e com o grande vencedor do Festival

 

          Crédito da Foto: Carlos Costa - As produtoras Gaby de Saboya e Sandra Rodrigues 

Devido ao grande sucesso, com aproximadamente 500 textos inscritos de todo o Brasil, o Festival Pod Drama chega à reta final com 15 projetos selecionados de artistas de diferentes gerações, como o do consagrado diretor Hamilton Vaz Pereira, do grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone, que revolucionou o teatro brasileiro na década de 70 e, experimenta agora, a dramaturgia para podcast. Outra renomada autora de televisão e de teatro, Rosane Limatambém participa da seleção e até jovens que nasceram quase no mesmo ano (2004), junto com o surgimento do termo podcast nas redes de comunicação anglo-saxãs, concorrem ao prêmio.

 

Nesta última etapa, os 15 podcasts produzidos pelo Festival serão avaliados pelo público durante o período de uma semana. O trabalho mais votado no site www.poddrama.com.br será o campeão do Festival. A votação poderá ser feita apenas uma única vez por pessoa.

 

Pod Drama abriu um novo espaço na criação de conteúdos ficcionais em áudio digital. E para abordar este mercado em constante crescimento, os principais nomes da área vão participar de um dia inteiro de lives: o Pod Day. Profissionais feras estarão presentes nesta jornada. A repórter da TV Globo, Sônia Bridi, que faz parte da Série “À Mão Armada” da Globoplay e o autor Vinícius Calderoni, vão destacar a dramaturgia e o formato dos podcasts.

A atriz Cris Vianna, protagonista do podcast “Sofia”, do Spotify, vai falar sobre interpretação para áudio drama. A nova rede social de áudio, sucesso absoluto do mercado, o “Club House”, será o tema do bate-papo com Nana Maria. Erika Rohlfs, do “Perguntas para Madê”, radionovela virtual sobre uma ex-detetive que depois de um trauma, fica anos sem sair de casaJoe Guindini, do “Aventuras Bizarras”, primeira série de podcasts do Rio Grande do Sul e Danilo Battistini, do criativo “Contador de Histórias” vão trocar experiências sobre a produção de podcasts em diferentes estados brasileiros. Gustavo Passi, do SulaCast fecha o Pod Day com o mote “Rentabilização para podcast”.

Logo após, o Pod Day, o público vai conhecer o vencedor do Festival que levará para casa, além da experiência, o valor de R$3.000,00 (três mil reais). Para fechar a programação, o vencedor contará como foi todo o processo, desde a inscrição do texto até a publicação.

 

Devido a pandemia, toda a programação acontecerá on-line.

 

Confira os 15 selecionados e seus respectivos trabalhos:

          

1.    A Enfermeira e o Vampiro  –   Karlo Menezes Dantas Oliveira

2.    Aquele que é cego, Aquele que começa a ver – Rodrigo Carvalho Marques Dourado

3.    Fenomenal - Hamilton Vaz Pereira

4.    Ligue d’já - Tony Góes

5.    Marca D’Água – Emerson Almeida Matos

6.    Maré Bairro – Jefferson Melo

7.    O Caso Ruminantes – Daniel Fraiha, Thaisa Damous, Hélio Magalhães

8.    Sachet - Gisele Petty

9.    Vem aí um bebê...E uma demissão – Luciana do Valle Ribeiro da Silva

10.   William – Daniel Pereira de Melo

11.   As Belas – Eliana César e Silvana Mascagna

12.   Chega de Tabu – Rebecca Lisboa Batista

13.  Mulheres à beira do precipício – Luciene Balbino

14.  Noite Feliz – Rosane Maria Lima

15.  Porta de saída – Sergio Fonta

 

Através de um olhar de diversidade e inclusão, todos os inscritos tiveram acesso gratuito às aulas on-line de dramaturgia, com o premiado autor Pedro Kosovski e produção e publicação de podcast com Gustavo Passi, especialista na área, criador dos BeerCastEmpreendaCastPediatracast e SulaCast.  Os 15 selecionados também tiveram o seu podcast gravado, de forma on-line, com o apoio técnico do estúdio Alcateia Audiovisual, em Copacabana e do Editor Jeff Guimarães.

 

 

 

Sobre o Podcast

De acordo com Steve Raizes, vice-presidente sênior de podcasts da ViacomCBS, um dos destaques para esse mercado em 2021 é a ascensão da ficção, atraindo cada vez mais investimentos em produção de conteúdo e anúncios.

podcast virou febre. O Brasil, já é o segundo maior mercado consumidor do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. São 20 milhões de brasileiros ouvindo podcastsNa criação de conteúdo em áudio, é o país que cresce mais rápido em todo o planeta.

Com a pandemia, houve uma mudança de comportamento. Se antes, o pico de consumo era nos horários de deslocamentos (pela manhã e no fim da tarde), esta curva deu lugar a um gasto mais uniforme, distribuído durante todo o dia. No Brasil, 85% dos usuários de internet estão ouvindo áudio durante este período. Uma curiosidade é que, de acordo com a pesquisa da Associação Brasileira de Podcasters (Abpod), 75% dos consumidores de podcasts são homens heterossexuais e, pouco mais da metade, brancos.  Pensando neste mercado, Gaby de Saboya e Sandra Rodrigues criaram o Primeiro Festival de Podcast voltado para dramaturgos brasileiros. Gaby de Saboya idealizou o projeto, pois costuma gravar muitos podcasts como jornalista e sente falta da diversidade de vozes e de um espaço maior para a dramaturgia brasileira que teve seu apogeu nas famosas radionovelas.  

 

  Crédito da Foto: Carlos Costa

 

 

Sobre o Festival

A proposta do festival é promover a dramaturgia brasileira e estimular a criação em novos formatos, através de um concurso de textos dramatúrgicos inéditos, para o formato de podcast, destinado ao público jovem e adulto, escrito em língua portuguesa por autores brasileiros ou estrangeiros, residentes no Brasil, com votação aberta. Todas as atividades on-line são gratuitas e estão disponíveis aos interessados.

 

Crédito da Foto: Carlos Costa 

 

Sobre Gaby de Saboya

 

Jornalista, repórter, apresentadora, comentarista, narradora, atriz e produtora. Começou a carreira na Band TV como repórter de hardnews. Depois foi trabalhar com o jornalismo politico na TV Câmara. Trabalhou como repórter e apresentadora de diversas emissoras como MultiRio, Canal Brasil, TV Brasil, Rit TV e TV Escola, além de produtoras de vídeo do RJ e SP. Participou das Coberturas Internacionais das Olimpíadas Rio 2016, Copa do Mundo de 2014, Visita do Papa, Jornada Mundial da Juventude e Carnaval. Em 2018, foi uma das seis mulheres selecionadas em todo o Brasil para o projeto “Narra quem Sabe”, pioneiro em abrir espaço para as mulheres narradoras nos Canais Fox Sports. Narrou a Copa América de Futebol Feminino pela CBF TV. Desde 2018 trabalha, também, como comentarista esportiva. Fez parte do elenco do programa “Comenta quem Sabe” nos Canais Fox Sports e No Mundo da Bola na TV Brasil, além da participação em programas na web e podcasts.  No cinema, trabalha como roteirista e produtora de documentários como Gabeira e CarnavalBexigaFunk e Sombrinha. Atualmente, desenvolve o roteiro do longa Driven - pilotando para a Glória - sobre automobilismo, com estreia prevista para 2022. Foi diretora do Espaço Cultural Sérgio Porto e coordenadora do Centro Espacial Vik Muniz. Produtora que desenvolve conteúdo para programas de TV, webpodcast, eventos e espetáculos culturais. É CEO da G Entretenimento & Audiovisual.

 


Crédito da Foto: Carlos Costa

 

 

Sobre Sandra Rodrigues

 

Diretora geral na ABMI - Associação Brasileira da Música Independente e sócia-diretora da RELACIONARTE, Sandra Rodrigues é advogada e gestora cultural, com formação executiva em Estratégias para Arte e Cultura (Executive Program in Arts &Culture Strategy) pela Pennsylvania State University e com formação executiva em Cinema & TV pela ESPM – Escola de Propaganda e Marketing (Rio de Janeiro/RJ). Consultora para gestão e desenvolvimento de projetos culturais, tendo se especializado na gestão executiva, planejamento estratégico e definição de modelos de negócio para instituições culturais e projetos independentes, especialmente os realizados por meio de Leis de Incentivo, como a LEI DE INCENTIVO À CULTURA (LEI ROUANET). Reconhecida no mercado pela multidisciplinaridade de suas expertises, vem assessorando em todas as etapas da cadeia de Gestão Cultural, desde a concepção criativa até a prestação de contas, tendo sido responsável pela Gestão Executiva de diversos projetos e prestado consultoria para diferentes instituições, dentre elas podemos destacar CULTURA ARTÍSTICA, TEATRO SÃO PEDRO (São Paulo/SP), TV CULTURA, FUNARTE, MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA,MUSEU DO FUTEBOL, CONSPIRAÇÃO FILMES, ORQUESTRA PETROBRAS SINFÔNICA, CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL, DOUTORES DA ALEGRIA, O TABLADO (Rio de Janeiro/RJ), entre outros.

 

Serviço:

Pod Drama – 1º Festival de Dramaturgia para Podcast

Votação – de 14 a 18 de Junho às 18 horas (Brasília)

Pod Day – 18 de junho de 2021

Horário – a partir das 18 horas.

Site: www.poddrama.com.br

Classificação: Livre

Realização: Lei Aldir Blanc, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, Fundo Estadual de Cultura

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem