TOP TV WEB

“Acesa”, novo livro da escritora Glaura Santos, expressa a potência do feminino, do amor e do desejo em forma de poesia

  “Acesa”, novo livro da escritora Glaura Santos, expressa a potência do feminino, do amor e do desejo em forma de poesia 

Glaura Santos - Foto Kivia Kruczynski 

Tempos sombrios, como os que estamos vivendo atualmente, demonstram como a arte e, em especial, a poesia, são absolutamente necessárias. "O espaço da arte, da poesia, é o da imaginação. Nele é possível construir novas realidades, vislumbrar novos rumos, repensar caminhos. É algo revolucionário, transformador", diz a escritora mineira Glaura Santos sobre seu novo livro de poesias, “Acesa”.

Neste belo, sensível e ardente segundo livro, Glaura apresenta uma poética visceral. Essa poesia do agora, cotidiana e confessional, traz traços marcantes no estilo da autora.  “Acesa” reflete e presta reverência à força do feminino, expõe a vulnerabilidade, o amor, os instintos e a potência do que passa necessariamente pelos corpos femininos.

Em sua nova obra, que tem um delicado e pessoal prefácio em que Cris Guerra diz que "a poesia de Glaura já nasceu grudada a pele dela" - a autora provoca uma reflexão sobre o tema das feminilidades, incentivando o contato com as próprias emoções. “Acesa” instiga leitoras e leitores a despertar para a importância de se viver relações verdadeiras, de se investigar e mergulhar nos próprios desejos como forma de autocura e de respeito a todas as formas de amor possíveis "Vejo a escrita e o amor como grandes fontes de auto conhecimento. Isso me interessa muito." 

Glaura Santos - Foto Kivia Kruczynski

Poesia como parte da vida

Desde criança, Glaura foi cercada por um ambiente muito musical. “Meus pais adoravam reunir amigos e tinha sempre um violão, uma cantoria, essa boemia que, desde pequena, me emocionou. A poesia entrou na minha vida pelos ouvidos”. Artistas como Lupicínio Rodrigues, Cartola, Adoniran Barbosa, Noel Rosa integraram o repertório boêmio da infância da escritora. “Trouxe esse olhar apaixonado comigo”, afirma. 

Uma lembrança marcante foi quando, aos 11 anos de idade, adquiriu o álbum “Cores Nomes”, de Caetano Veloso.  “Ouvia o disco repetidas vezes, com o encarte no colo, cantando junto, querendo decorar as letras e guardar aquela poesia em mim”. Glaura reconheceu ali o gosto pela palavra escrita e também pelas artes gráficas. “Capas e encartes de Vinis sempre me chamaram muito a atenção. A música é uma grande inspiração poética, assim como o amor e todas as relações humanas." 

Com o tempo, também o cinema, as artes plásticas e a natureza se tornaram fontes inspiradoras para sua poesia, conforme explica Glaura. “Volto sempre preenchida de uma experiência com a arte, com a beleza, com a inquietação, e isso muitas vezes transborda em palavras. A primeira vez que fui a Inhotim, por exemplo, voltei com muita vontade de plantar e de escrever. A apreciação da beleza é sempre inspiradora”, ressalta. 

Glaura Santos - Foto Kivia Kruczynski 

A poesia do design

Outro elemento que salta aos olhos em “Acesa” é o capricho da produção e edição do livro, realizados pela própria Glaura. A escritora esclarece como seu trabalho como designer dialoga com sua experiência poética. “O termo “identidade visual” diz muito sobre esse trabalho, que é o de traduzir visualmente a essência do livro e a minha, como artista. Neste sentido, vejo que se aproxima da poesia, que também é síntese, é transformar em palavra a essência de um momento, de algo sentido, vivido ou imaginado”. 

Acesa - Glaura Santos - livro fechado- Divulgação


A autora


Glaura Santos é designer gráfica formada pela UEMG e cursou Letras na UFMG. Em dezembro de 2018, fez sua estreia literária com “Todo mar vai ser você”, publicado pela Quixote-Do Editoras Associadas. 


Artista inquieta, Glaura se dedica ao design cultural há mais de 25 anos, fotografa, ilustra - assinou “Azuis”, o primeiro infantil da editora Quixote-Do, em 2020 - e, mais recentemente, descobriu nova paixão, a joalheria. Lançou, em dezembro do ano passado, a marca Completude. Integra o coletivo “Suacompanhia - Criações artísticas” desde 2014 e o podcast "Almasculina”, desde agosto de 2019.


Glaura participou de importantes eventos literários, como o FliAraxá, onde seu primeiro livro foi elogiado por Valter Hugo Mãe. Com a primeira edição esgotada, “Todo mar vai ser você”  foi relançado em novembro de 2020, na FLITI - Feira Literária de Tiradentes.


A publicação de “Acesa” foi viabilizada com o apoio do Ministério do Turismo e do Governo de Minas Gerais, por meio de edital da Lei Aldir Blanc.


Acesa - Glaura Santos - Livro aberto- Divulgação


Serviço:

Lançamento do livro de poesias “Acesa”, de Glaura Santos

“Acesa” - Formato: 14x20cm, 102 páginas. Preço: 49,90

Disponível no site glaurasantos.com.br

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem