TOP TV WEB

Dia Mundial do Emoji: de sentimentos a questões mais práticas, eles dizem tudo

      Dia Mundial do Emoji: de sentimentos a questões mais práticas, eles dizem tudo


Homenageadas em 17 de julho, as carinhas se tornaram elementos imprescindíveis de comunicação nos meios virtuais

Divulgação


Não importa a ocasião – enviar uma mensagem de felicitação, falar sobre um evento, expressar felicidade, contar que está doente ou com fome e até demonstrar ironia sobre uma situação – é sempre possível encontrar um emoji correspondente. E se você é daqueles que passam a maior parte do dia na internet, provavelmente, vê e usa vários emojis diariamente. Esses desenhos já se tornaram tão característicos da comunicação no mundo virtual, que existe até um dia específico para eles: o #WordEmojiDay ou o Dia Mundial do Emoji, comemorado em 17 de julho.

Apesar de terem sido criados no Japão, no final da década de 1990, a dominação global dos emojis só aconteceu de fato nos anos 2000, quando as grandes empresas de tecnologia viram o potencial da invenção e começaram a trabalhar em conjunto para implementar os rostinhos em seus sistemas operacionais. Desde então, as carinhas e outros elementos passaram a ser utilizados para representar humor, sintetizar ideias e reforçar significados específicos em determinadas frases. 

Professora do curso de Marketing Digital da Digital House, Gabriela Schuck Kastner diz que os recursos gráficos, sejam eles emojis, figurinhas ou gifs, representam uma evolução da comunicação digital. “Acredito que seu principal impacto seja no processo de humanização de uma conversa, já que conseguimos demonstrar entonações e sentimentos - o que é limitado no texto - de forma rápida e visual”, argumenta.

Com mestrado em Comunicação, Gabriela lembra que a linguagem não é estática e acompanha a evolução temporal das cidades e que, neste sentido, os emojis constituem elementos muito importantes de comunicação na chamada era digital. “Na cultura digital o emoji é uma forma que foi encontrada para ilustrar momentos, sensações e até mesmo promover uma aproximação entre emissor e receptor. Essa comunicação é simples, mas não é simplória e por essa razão os elementos precisam ser considerados na estrutura de comunicação em rede.”

A professora da Digital House observa ainda que, como elementos de comunicação, os emojis precisaram se adaptar às evoluções da sociedade ao longo do tempo. As carinhas, que nas primeiras versões, tinham um único tom de pele amarelo, foram ajustadas para se adequar à representatividade de gênero, etnias e orientação sexual. Um processo de modernização que deve ser constante, de acordo com Gabriela. “Sempre teremos novos recursos. Aconteceu com o gif, com a figurinha. Eu vejo como um processo natural de evolução, inclusive, para atender as demandas das novas gerações”, finaliza.

O surgimento do #WordEmojiDay

A curiosidade em relação ao Dia Mundial do Emoji está na maneira em que ele foi escolhido. Embora precisem seguir algumas diretrizes para manter a comunicação compreensível entre os diferentes sistemas operacionais, as empresas têm certa liberdade para adaptar o estilo visual dos emojis. A Apple então decidiu incluir o dia 17 de julho, quando criou o seu desenho representativo de um calendário. A data marcava apenas o dia do lançamento do aplicativo de calendário iCal. O Dia Mundial do Emoji foi criado em 2014 com base nessa figura representativa e o objetivo da criação foi apenas celebrar os emojis e promover a utilização das carinhas. 

Na época da criação do Dia Mundial do Emoji, serviços como a Microsoft e o Android possuíam ícones de calendário genéricos. Já o Twitter exibia outra numeração no seu emoji. Mesmo assim, a data foi abraçada por todas as grandes fabricantes, que até hoje celebram as figurinhas no dia 17 de julho. O Google, inclusive, atualizou o emoji de calendário do Android em 2016, passando a estampar a data comemorativa.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem