TOP TV WEB

Jailma Pacheco e os democráticos coturnos que dominam o streetstyle de inverno

      Jailma Pacheco  e os democráticos coturnos que dominam o streetstyle de inverno

 

Associado ao estilo rocker pelo aspecto mais pesado, o coturno se adapta aos diferentes estilos e traz modernidade até para as produções mais simples


Divulgação

 

 

Pensados sob a lógica da durabilidade, os coturnos ou combat boots, no inglês, foram criados para serem calçados por soldados, feitos para sobreviver ao cenário de guerra. É apenas na década de 1970 que eles deixam o campo militar e ganham o street style por meio das vestimentas da subcultura punk. Pela origem, é possível entender porque esses sapatos, por tantas décadas, foram associados ao estilo rocker, porém há muito mais democraticidade nos coturnos que apenas as combinações all black


Com forte aparição desde as coleções de inverno da temporada passada, o coturno vem se modernizando e ganhando status de essencialidade, em especial nas estações mais frias, podendo ser considerado uma peça coringa do armário. "A capacidade de combinar com os mais diferentes tecidos e ocasiões transforma o sapato em um item que é capaz de transformar toda a atmosfera do visual sem muito esforço", diz a especialista em moda Jailma Pacheco, que recomenda o investimento no calçado.


A especialista aponta que o segredo para conseguir aderir o coturno aos mais diferentes estilos está na capacidade de equilibrar peças mais simples, com as mais trabalhadas  — na melhor pegada high-low. "É preciso, primeiramente, entender que o coturno é um calçado com o poder de trazer dramaticidade e autenticidade para a composição", aponta.


Para combinações mais tradicionais, o combo calça jeans, jaqueta de couro e coturno é a maneira mais simples de usar o calçado sem grandes segredos. "Se a pessoa possui uma pegada mais moderna, a ideia é desconstruir e usar o coturno como um toque de atitude. Saias e vestidos com corte mais leves são boas opções para quem quer manter a linha romântica, ao mesmo tempo que macacões de alfaiataria são uma combinação simples para manter a atmosfera mais elegante", ensina.


As estampas são uma outra maneira de diversificar as combinações com coturno, de modo a trazer um ar mais divertido para as produções. "Uma estampa clássica, mas ao mesmo tempo moderna, é o poá. Para fugir do preto, fundos vermelhos, verde militar e azul royal combinam bem com o coturno. Da mesma forma, as estampas florais trazem um equilíbrio entre o pesado e o alegre", recomenda Jailma Pacheco.


Há ainda a possibilidade de brincar com looks que têm cores como característica principal. Combinações monocromáticas, análogas, tríades e complementares se aproveitam bem do coturno para trazer uma atmosfera ainda mais modernista. 


Nada impede também que o coturno saia do couro preto e ganhe outras tonalidades. Diversas marcas possuem modelos que brincam com tonalidades como branco gelo, amarelo pastel e rosa. "As opções metalizadas também são boas aquisições para sair do óbvio. Os saltos tratorados e modelos com cadarço são os mais modernos, mas os modelos de salto são a escolha certa para quem busca mais imponência e sensualidade.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem