TOP TV WEB

MINISTÉRIO DO TURISMO E INSTITUTO UNIMED-BH APRESENTAM : “PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”, TEMPORADA 2021

  MINISTÉRIO DO TURISMO E INSTITUTO UNIMED-BH APRESENTAM : “PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”, TEMPORADA 2021

Photo imagem: Guga Melgar


Após reunir uma plateia de mais de 2 milhões de pessoas em transmissões on-line e pela TV, o projeto retorna em julho de 2021 para novas transmissões de grandes montagens do teatro nacional. O primeiro espetáculo é “O PIOR DE MIM”, texto de autoria de MAITÊ PROENÇA, em que a atriz revisita a história de sua vida desde a infância até os dias de hoje. Montagem estreou em setembro do ano passado e esteve entre as melhores de 2020 pelo jornal O Globo e pelo portal Observatório do Teatro, e indicada ao


Prêmio Arcanjo de Cultura.


Apresentação será no dia 22 de julho (quinta-feira), às 20h30, nos Canais Youtube do Sesc em Minas, Teatro Claro Rio e Pólobh Produtora e pelo Canal 264 da Claro TV.


O “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” segue com a proposta de manter vivos o hábito e a potência do teatro. Após uma programação de sucesso em 2020, com duas temporadas e 08 espetáculos que reuniram mais de 2 milhões de pessoas pela internet e pela TV, o projeto retorna para as apresentações de grandes montagens do teatro nacional, no formato virtual, entre os meses de julho e novembro de 2021.


“Lançamos o “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” em junho do ano passado para criar alternativas para que tanto os artistas tivessem oportunidades de seguir promovendo a sua arte, quanto para o público, de manter-se conectado com a promoção de espetáculos teatrais, durante o pico da pandemia. Não sabíamos qual seria a reação do público, que para a nossa surpresa, formou uma grande plateia, tanto na primeira quanto na segunda fase do projeto. Agora, mesmo com o retorno gradativo da cultura em algumas cidades brasileiras para o formato presencial, a Pólobh optou por seguir com o projeto no formato virtual para que possamos continuar atendendo também o público que, por diversas razões, ainda prefere permanecer em casa. Estamos ansiosos para ver esse reencontro entre os públicos e os artistas, os teatros cheios e a plateia aplaudindo de pé, mas sabemos que essa volta precisa ser cautelosa. E preparamos belíssimas montagens para essa temporada, com a certeza de que o público irá se encantar, como foi no ano passado”, comemora Marisa M. Coelho, diretora da Pólobh, completando que esta temporada traz cinco espetáculos que serão transmitidos ao vivo, do palco do Teatro Claro Rio, e quatro montagens gravadas.


A estreia da temporada 2021 do “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” será no dia 22 de julho (quinta-feira), às 20h30, com Maitê Proença apresentando o texto autoral O Pior de Mim”, peça estreada em setembro do ano passado e considerada como uma das melhores de 2020 pelo jornal O Globo e pelo portal Observatório do Teatro, e indicada ao Prêmio Arcanjo de Cultura. Com direção de Rodrigo Portella (“Tom na Fazenda” e “As Crianças”), a montagem é um trabalho corajoso em que Maitê revisita a história de sua vida, desde a infância até os dias de hoje. “Apresento à plateia a parte mais escondida de mim, aquela que nem eu tinha coragem de bisbilhotar. Mais do que nunca estamos de olho na vida do outro. Neste voyerismo desenfreado, nos comparamos, para melhor compreendermos a nós mesmos. Não é assim? Todos podem vir espiar, eu deixo,” diz Maitê Proença.


Em O Pior de Mim”, Maitê Proença faz uma reflexão sobre como sua conturbada história familiar repercutiu na sua vida pessoal e em sua carreira, os eventuais bloqueios desenvolvidos e tudo que precisou fazer para se libertar. Em cena, ela coloca as circunstâncias que lhe foram impostas em cruzamento com as armadilhas que ela mesma se impôs para se defender. A atriz fala, ainda, da mulher de 60 anos no Brasil, de machismo, misoginia, dos preconceitos enfrentados. “É um trabalho que parte de uma história pessoal para falar de todas as histórias, na medida em que todos enfrentam em maior ou menor grau bloqueios e travas oriundos de traumas pessoais. Todo o público, em alguma medida, poderá se ver naqueles relatos e reflexões”, conclui a atriz.  


A transmissão será GRATUITA e simultânea pelos canais Youtube do Sesc em Minas (SescemMinasGerais) e do Teatro Claro Rio (TeatroClaroRio) e da Pólobh (Polobhprodutora) e também pelo Canal 264 da Claro TV. Os espetáculos contarão com tradução de libras e áudio descrição para garantir o acesso das pessoas com deficiências auditivas e visuais.


Com os mesmos rigores técnicos aplicados nas apresentações presenciais, em um palco especialmente preparado com sistemas especiais de vídeo, iluminação e sonorização, o “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” assegura ao público a melhor experiência que a plateia e o teatro merecem.  Para Marisa M. Coelho, diretora da produtora mineira Pólobh, idealizadora do projeto, a dedicação e investimentos foram os ingredientes do sucesso da primeira temporada, que cumpriu a sua proposta, e serão também imprescindíveis para esta nova edição.


Durante as apresentações da primeira temporada do “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” o público pode fazer doações para o Mesa Brasil Sesc, programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos promovido pelo Sesc. No total, foram arrecadados cerca de 50 mil reais, convertidos em cestas básicas que beneficiaram mais de 500 famílias. A segunda temporada também possibilitará ao público realizar as doações para o Mesa Brasil Sesc (por meio de QR Codes), mais uma vez em benefício aos profissionais do teatro, associados ao Sated, que permanecem impossibilitados de exercer integralmente as suas funções.  


FICHA TÉCNICA:

Texto e Atuação: Maitê Proença

Direção: Rodrigo Portella

Assistentes de direção: Clarisse Derzié Luz e Nina Luz

Trilha: Marcello H

Direção de produção: Celso Lemos


CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: 14 ANOS

DURAÇÃO: 50 minutos.


“PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”


O projeto é uma iniciativa da Pólobh, produtora sediada em Belo Horizonte, MG, tem patrocínio do Instituto Unimed-BH e do Programa Sociocultural Unimed-BH, viabilizado por mais de 5,1 mil médicos cooperados e colaboradores, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem realização do Ministério do Turismo e Governo Federal, patrocínio da Pottencial Seguradora e apoio cultural do Sesc em Minas e Hypofarma, promoção exclusiva da Rádio Alvorada e apoio da Coreto Cultural, Fredizak, Jornal O Tempo, Rádio Super Notícia e SouBH.


Cuidado rigoroso


A produção dos espetáculos que vão acontecer ao vivo seguirá todos os protocolos e recomendações relacionados à prevenção da Covid-19 tais como a restrição do número de profissionais a trabalho nas montagens, o rigor no controle de circulação nas dependências do teatro (apenas pessoas a trabalho) e a medição da temperatura de todos os profissionais antes do acesso. Além disto, as áreas ocupadas serão frequentemente higienizadas, e haverá a disponibilização de álcool gel em diferentes setores, além da distribuição de máscaras para todos os envolvidos. Outras ações são a higienização do material antes de entrar no teatro (cenários, figurinos etc.), e o impedimento do consumo de alimentos e bebidas no local. Haverá, ainda, a presença de um bombeiro brigadista durante as atividades, para assegurar que todas as medidas serão cumpridas.


Instituto Unimed-BH


Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos visando ampliar o acesso à cultura, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou R$120 milhões ao setor cultural, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5.100 médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 850 mil pessoas foram alcançadas por meio de projetos de cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura.


Saiba mais em www.institutounimedbh.com.br.


PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA” – 2ª TEMPORADA


Espetáculo “O Pior de Mim”, com Maitê Proença – 22 de julho (quinta-feira), às 20h30.


Gratuito | Transmissão ao vivo, pelos canais no Youtube do Sesc em Minas (SescemMinasGerais), do Teatro Claro Rio (TeatroClaroRio) e da Pólobh (Polobhprodutora), e pelo Canal 264 da Claro TV.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem