TOP TV WEB

No Dia Nacional da Saúde médicos e especialistas alertam: prevenção é o melhor caminho para qualidade de vida

       No Dia Nacional da Saúde médicos e especialistas alertam:  prevenção é o melhor caminho para qualidade de vida


Profissionais falam sobre cuidados e tratamentos precoces que podem garantir o bom funcionamento do organismo

Dr Ivan- Divulgação


A data de 5 de agosto é lembrada no Brasil como o Dia Nacional da Saúde. Trata-se de uma homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Cruz (nascido neste dia, em 1872), importante figura da história, que conseguiu erradicar graves epidemias que assolavam o país no final do século 19, além de um estudioso das doenças tropicais.

Mas a data, mais do que uma homenagem, serve para lembrar que ter saúde não é apenas não precisar tomar remédios. Para que o organismo funcione em harmonia e garanta o bem estar é preciso haver um equilíbrio entre o físico, o organismo e a mente. E isso se consegue estando alerta aos sinais e aos cuidados com a saúde, muitos deles, inclusive, de forma preventiva. Médicos de todas as áreas são unânimes em afirmar aquela tradicional frase: a prevenção é, sim, o melhor remédio.

Especialistas da Human Clinic, de São Paulo, falam a seguir sobre a importância dos cuidados preventivos em seus segmentos de atuação e dão dicas de como manter a saúde da pele, dos cabelos e do sistema circulatório. E a farmacêutica Aline Sampaio finaliza explicando sobre a importância da suplementação com vitaminas e compostos.

Pele jovem e saudável

Apesar de muita gente não saber, a pele é um órgão e o maior do nosso corpo. Através de pele, muitos problemas de saúde podem ser descobertos e cuidar dela de forma precoce é de extrema importância, e não só pela questão estética. “Alguns canceres de pele de adultos são desencadeados pela exposição solar durante a infância. Por isso o atendimento médico é fundamental. Existem tratamentos específicos para cada idade, clima e hábitos de vida do paciente”, explica a dermatologista, Dra. Bárbara Poggi. 

Segundo ela, a pele é um órgão que está em constante amadurecimento e por isso, sofre variações com a idade, merecendo cuidados diferentes para cada fase da vida. “O uso de tratamentos específicos previne doenças e garante uma pele saudável no envelhecimento”. 

A dermatologista pontua também que já existem testes genéticos capazes de pesquisar a tendência que uma pessoa tem para desenvolver problemas de pele no futuro. “O mais realizado na dermatologia atualmente é para avaliar a probabilidade de o paciente desenvolver a alopecia androgenética (calvície). Mas outras doenças de origem genética, como a psoríase, também podem ser pesquisadas”, diz a médica. 

E ela ainda alerta: esses testes genéticos servem não só para pesquisar possíveis doenças, mas também para definir o melhor tratamento para o problema e com menos efeitos colaterais. 

Especialista em dermatologia estética e harmonização humanizada, Dr. Ivan Rollemberg chama a atenção sobre a melhor fase da vida para iniciar tratamentos que evitem o envelhecimento precoce da pele, principalmente do rosto. “Aos 35 anos se inicia o envelhecimento do organismo. Por essa razão, o mais indicado é iniciar nesta faixa etária os procedimentos estéticos preventivos, a fim de manter a juventude. Alguns tratamentos devem ser feitos precocemente, de forma profilática. É o caso da injeção da toxina botulínica, para evitar a produção das rugas, e o laser, para combater a flacidez”, ressalta o médico. 

Ainda segundo Dr. Ivan, todos esses tratamentos, precoces ou não, devem ser associados ao uso do protetor solar com cor. “A radiação UVA e UVB é responsável pela flacidez, rugas superficiais e manchas. Por isso recomenda-se o uso de filtro solar diário. Além de tratamentos que induzam a produção de colágeno, como laser, ultrassom,  bioestimuladores injetáveis e a toxina botulínica,  que amenizam a contração muscular e, assim, as rugas no futuro”, orienta o especialista. 

E tanto a Dra. Bárbara como Dr. Ivan explicam que alguns medicamentos tópicos podem ser usados já a partir da adolescência, para tornar a pele mais forte e protegida. “O ácido retinóico e seus derivados estimulam a renovação celular, promovendo a firmeza da pele. Já a vitamina C combate os radicais livres produzidos no metabolismo diário e também pela exposição solar e à poluição. Esse tipo de produto deve ser usado todos os dias pela manha.  Os cuidados com a pele devem incluir, ainda, limpeza completa, uso de um creme regenerador noturno e os fotoprotetores pela manhã”, sinalizam os médicos.

Cabelos cheios de vida

Assim como a pele, os cabelos também refletem muito sobre o funcionamento do organismo. Queda, fios opacos e quebradiços podem, sim, ser sinal de que algo não vai bem e, por essa razão são importantes os cuidados precoces. “Cuidados básicos com a alimentação, saúde e bem estar são os maiores aliados de qualquer protocolo capilar. A queda de cabelo pode ser causada por fatores como problemas na tireoide, deficiência de ferro, amamentação, estresse, e até doenças infecciosas e autoimunes”, alerta a médica tricologista Dra. Luciana Passoni.

A especialista alerta também que outro fator importante para a saúde capilar está ligado ao bom funcionamento do intestino, afinal, é nesse órgão que é feita a reabsorção de todos os nutrientes, minerais e as vitaminas, tão essenciais para o desenvolvimento saudável dos fios. 

A queda de cabelo e a calvície são os problemas que mais afligem as pessoas e podem acontecer devido às mais diversas condições. “Quando se pensa na calvície (avançada, precoce ou leve), a herança genética é um fator muito importante! Não existe uma regra para todos os genes, mas nos homens, por exemplo, a calvície é causada por uma substância conhecida por DHT, que afina os fios”, explica a tricologista. 

De acordo com a Dra. Luciana, pesquisas mostram que, se o pai ou a mãe tem calvície, há 50% de chances de o filho ter também e esse índice aumenta para 75%, caso ambos os pais tenham o problema. “É possível descobrir precocemente as probabilidades de uma pessoa ficar careca através da análise do histórico familiar e também com exames, como o que mede a taxa de hormônios masculinos no organismo. Apesar da probabilidade ser alta, vale destacar que nem sempre os filhos herdam a calvície familiar”, informa a médica.

E a dermatologista faz um alerta, ressaltando, mais uma vez a importância de procurar os cuidados médicos a qualquer sinal de desequilíbrio no organismo. “Fios que caem sem parar são sinal de alerta. É comum perder cerca de 100 a 150 fios por dia. Mas, se houver exagero, é fundamental agendar uma consulta com um tricologista / dermatologista para diagnosticar e tratar essa condição.  É de extrema importância diagnosticar o que está provocando essa queda acentuada dos fios e, assim, investir no tratamento adequado para combater o problema o quanto antes”.



(Dra. Bárbara, Dr. Ivan e Dra. Luciana Passoni) 

Circulação em dia!

Vital para o corpo humano, o sistema circulatório precisa estar em pleno funcionamento para que todo o organismo funcione de maneira saudável e esse é mais um ponto que merece atenção em nossa saúde quando se fala de prevenção. 

Apesar de não ser regra, alguns casos de varizes podem evoluir para um quadro de trombose, problema que compromete seriamente o fluxo sanguíneo e levar à sérias complicações em diversos órgãos. Por isso o ideal é se prevenir sempre, como explica o médico vascular, Dr. Gustavo Marcatto. “O ideal é procurar o médico vascular já nos primeiros sinais dos vasinhos ou sintomas nas pernas. Para quem possui casos de varizes na família o mais indicado é iniciar as medidas preventivas já na adolescência. E existem tratamentos para as fases iniciais, para evitar a piora e o agravamento das varizes”, explica o médico.

Segundo Dr. Gustavo, a principal causa das varizes é a genética. Portanto se a mãe, pai ou avós do paciente teve problemas desse tipo, provavelmente o filho ou neto também desenvolverá. “Alguns exames auxiliam no diagnóstico e na avaliação da gravidade da doença.  Mas, para a prevenção o mais importante é manter o acompanhamento regular com seu médico vascular”, diz o especialista. 

“Além de consultar um vascular aos primeiros sinais, é importante também manter hábitos de vida saudáveis, com a prática regular de atividade física e boa hidratação. E evitar permanecer longos períodos sentado ou em pé. Assim evitam-se complicações e as pernas se mantém bonitas e, principalmente, saudáveis”, pontua Dr. Gustavo.


Suplemento é saúde

Além de cuidados precoces e consultas regulares ao médico de confiança, também existem alguns aliados que podem ajudar a manter a saúde em dia, principalmente na rotina diária e tão corrida que todos enfrentam no mundo atual. Trata-se dos suplementos e vitaminas. 

A farmacêutica Aline Sampaio, especialista em interações medicamentosas, explica que algumas vitaminas são indicadas desde que a criança nasce, como a vitamina D ou o Ômega 3. “Estudos científicos mostram a importância da suplementação tanto na gestação, lactação e no nascimento. Em geral, a suplementação é indicada a partir dos 25 anos, mas sempre com supervisão de um profissional que deve analisar o tipo mais indicado para a necessidade de cada pessoa”, orienta Aline.

Ela ressalta que, entre os suprimentos essenciais para manter a saúde em dia, está o trio formado por vitamina D, ômega 3 e magnésio. “Chamo essa suplementação de trio que transforma, porque transformou minha vida e a de muitas pessoas. Esses três componentes aumentam a imunidade, previnem doenças, ajudam na energia e disposição. Além de diminuírem as chances de mais de 16 tipos de câncer. Essas substâncias também ativam mais 2 mil genes do corpo humano e são responsáveis por mais de 85 funções celulares que ocorrem o tempo todo no nosso organismo”, explica a profissional, lembrando que esses 3 suplementos podem ser usados pela vida toda, tanto para homens quanto para mulheres. 

Um ponto importante é a reposição do colágeno, que a partir dos 25 anos começa a sofrer uma baixa natural no organismo. “Para ter pele, unhas e cabelos saudáveis, além de evitar a flacidez, rugas e linhas de expressão, sempre indico o uso do colágeno verisol que tem eficácia comprovada cientificamente, além de aprovação da ANVISA. Estudos apontam um aumento de 65% da produção de colágeno com o uso do verisol”, diz a farmacêutica. 

Concluindo, todo dia e todo tempo é hora de cuidar da saúde e do bem estar. Ficar ligado aos sinais que o corpo dá e procurar ajuda assim que algo não estiver em harmonia é o melhor para se manter saudável. “Nosso corpo fala a todo instante, e quando se reserva um tempo para cuidar dele e da alma, com certeza terá sempre uma vida saudável”, pontua Aline. 

 

(Aline Sampaio e Dr. Gustavo Marcatto) 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem