TOP TV WEB

O ESPETÁCULO “INCÊNDIOS” NA TEMPORADA 2021 DO “PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”

   O ESPETÁCULO “INCÊNDIOS” NA TEMPORADA 2021 DO “PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”

Divulgação


Marieta Severo encabeça o elenco da versão brasileira do texto escrito pelo libanês Wajdi Mouawad, que conta a história de uma mulher árabe em busca do filho desaparecido em uma guerra civil. A montagem, que foi sucesso de público no Brasil e em outros países, agora tem exibição no dia 05 de agosto (quinta-feira), às 20h30, nos Canais Youtube do Sesc em Minas, Teatro Claro Rio e Pólobh Produtora e pelo Canal 264 da Claro TV.

Nawal Maruan é uma mulher que fugiu de seu país por causa da guerra civil e que ao morrer deixa uma tarefa intrigante aos filhos gêmeos, Jeanne (Keli Freitas) e Simon (Felipe de Carolis):  encontrar o pai (que acreditam estar morto) e o irmão (que desconhecem), mas que a mãe revela estarem vivos e vivendo no país de origem. Esse é o enredo do espetáculo “Incêndios”, estrelado por Marieta Severo e dirigido por Aderbal Freire-Filho, que será exibida pelo Palco Instituto Unimed-BH em Casa no dia 05 de agosto (quinta-feira), às 20h30, nos Canais Youtube do Sesc em Minas, Teatro Claro Rio e Pólobh Produtora e pelo Canal 264 da Claro TV.

Grande sucesso de público no Brasil e em países como França, Bélgica e Canadá, “Incêndios” é uma trama envolvente que oferece ao público, além da carga dramática, um surpreendente final. Os irmãos investigam o passado da mãe, que foi presa e torturada, e a história presente é intercalada com o passado de Nawal, que em meio a uma guerra civil, busca o filho de quem foi separada. No desenrolar da trama, várias fases da vida de Narwal são apresentadas, até então desconhecidas pelos filhos.  A peça é baseada no texto do escritor libanês Wajdi Mouawad, que rendeu o filme com a mesma trama, do canadense Denis Villeneuve, que concorreu ao Oscar em 2011.

A exibição da apresentação realizada em abril de 2014, será GRATUITA pelos canais Youtube do Sesc em Minas (SescemMinasGerais), do Teatro Claro Rio (TeatroClaroRio) e da Pólobh (Polobhprodutora) e também pelo Canal 264 da Claro TV. O espetáculo, que integra a programação “Palco Instituto Unimed-BH em Casa”, em 2021, contará com tradução de libras e áudio descrição para garantir o acesso das pessoas com deficiências auditivas e visuais.

Durante as apresentações da primeira temporada do “Palco Instituto Unimed-BH em Casa”, realizada em 2020, o público pode fazer doações para o Mesa Brasil Sesc, programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos promovido pelo Sesc. No total, foram arrecadados cerca de 50 mil reais que foram convertidos em cestas básicas que beneficiaram mais de 500 famílias. Nesta segunda temporada o público também poderá realizar as doações para o Mesa Brasil Sesc (por meio de QR Codes), mais uma vez em benefício aos profissionais do teatro, associados ao Sated MG, que permanecem impossibilitados de exercer integralmente as suas funções.  

Ficha técnica:

Elenco: Marieta Severo, Keli Freitas e Felipe de Carolis | Direção: Aderbal Freire-Filho | Classificação: 14 anos | Duração: 110 minutos


“PALCO INSTITUTO UNIMED-BH EM CASA”

O projeto é uma iniciativa da Pólobh, produtora sediada em Belo Horizonte, MG, tem patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado por mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem realização do Ministério do Turismo e Governo Federal, patrocínio da Pottencial Seguradora e apoio cultural do Sesc em Minas e Hypofarma, promoção exclusiva da Rádio Alvorada e apoio da Coreto Cultural, Fredizak, Jornal O Tempo, Rádio Super Notícia e SouBH.


Sobre o Instituto Unimed-BH


Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais visando ampliar o acesso à cultura, a formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$140 milhões por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e da Lei de Incentivo à Cultura (Federal), viabilizado pelo patrocínio de mais de 5,2 médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 7 mil postos de trabalho foram gerados e 3,9 milhões pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Neste ano, todas as iniciativas do Instituto celebram os 50 anos da Unimed-BH. Clique aqui e conheça mais sobre os resultados do Instituto Unimed-BH.

 

Saiba mais em www.institutounimedbh.com.br.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem