TOP TV WEB

Em mobilização ao Outubro Rosa, Naspec realiza campanha informativa para mulheres em tratamento no SUS

   Em mobilização ao Outubro Rosa, Naspec realiza campanha informativa para mulheres em tratamento no SUS


Como forma de auxiliar as mulheres que usam o Sistema Único de Saúde, iniciativa lança cartilha gratuita para suporte e apoio.

Divulgação


Em campanha para conscientização, no Outubro Rosa, o Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer (NASPEC) promove iniciativa, com tema ‘A Jornada da Mulher no Enfrentamento Contra o Câncer’.

A ação busca discutir e apresentar a importância dos cuidados com a mama e o diagnóstico precoce, com foco em apresentar e debater as dificuldades que as mulheres enfrentam durante o tratamento contra o câncer no Sistema Único de Saúde (SUS).


Divulgação


Neste ano a campanha contará ainda com o lançamento da Formação da Rede Baiana de Saúde da Mulher, focada em políticas públicas para ações de advocacy. Com o objetivo de multiplicar informações para um maior número de usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), a iniciativa visa fortalecer e ampliar o raio de atuação, além de discutir a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e colo de útero.

Como parte da programação da ação, o núcleo realiza campanha digital e uma série de lives abertas ao público, através do perfil @naspecnucleo.

Divulgação


Na programação, a primeira live traz a temática ‘A Importância do Apoio Psicológico no Enfrentamento ao Câncer de Mama’; no segundo encontro acontece o lançamento das cartilhas sobre ‘Mama e Colo do Útero’; e para finalizar a série, o tema de diálogo será ‘Estou com Câncer, e Agora?!’.

A fundadora e diretora do NASPEC, Romilza Medrado, explica que as dificuldades encontradas pelas mulheres que utilizam o SUS são muitas, como horários incompatíveis com suas disponibilidades e demandas diárias - trabalho, filhos, entre outros. “Além disso, ainda dispomos de poucas ofertas para mamografias, indisponibilidade de ofertas de ultrassonografia, consultas com mastologistas e biópsias”, frisa.

Como forma de trazer informação às mulheres, a campanha - que utiliza a sua hashtag oficial de mobilização do núcleo #VocêPrecisaSeTocar, contará com a participação de parceiros, voluntários, apoiadores e trabalhadores de saúde na divulgação e distribuição de material informativo, somando aos esforços das políticas públicas e promoção à saúde da mulher, para gerar acessos e caminhos de comunicação até o público-alvo.

“Para aumentar nosso alcance, teremos a participação de associações e centros comunitários, universidades e faculdades, grupos informais interessados, profissionais de saúde, secretarias de saúde, em Salvador e interior da Bahia”, destaca Romilza Medrado.

Divulgação


A campanha fará também o lançamento das cartilhas informativas, Jornada da mulher usuária do SUS, na linha de cuidados, no controle do câncer de mama e colo de útero.

De acordo com a coordenadora de enfermagem, projetos e advocacy, Katia Baldini, o material oferece uma linguagem fácil e dinâmica, com o objetivo de mostrar o passo a passo desde a chegada da mulher no posto de atenção básica até o tratamento. “A cartilha funcionará como um guia (formato impresso e digital) para instrução e garantia dos cuidados, mostrando também como essas doenças atuam”, explica. E fazendo-as entender que fazer auto cuidado mensal, avaliação clinica das mamas anual, mamografia a partir dos 40 anos anualmente são as únicas formas de se ter diagnóstico precoce, quem procura, acha, e quem acha, cura.

Romilza Medrado acrescenta que o material impresso será distribuído e divulgado com auxílio da Rede Baiana da Saúde da Mulher. “A distribuição da cartilha tem a intenção de fortalecer o controle ao câncer de mama e colo de útero para as usuárias doSUS, reforçando as ações de advocacy e políticas públicas do estado”, finaliza.

SOBRE O NASPEC

O Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer (NASPEC) tem o foco nos cuidados paliativos e tratamento direcionados a dor de pacientes oncológicos. Sua missão é prestar pleno apoio: hospedagem; alimentação; medicamentos; material médico hospitalar e suporte da equipe multidisciplinar, aos adolescentes, adultos e idosos carentes com câncer, dos 416 municípios da Bahia, além de orientação e apoio logístico aos de Salvador, sem discriminações.

O núcleo atua frente a luta contra o câncer durante todo o ano, com a realização de açõese palestras gratuitas sobre a importância do Diagnóstico Precoce e Prevenção do Câncer. Também atua junto a realização de capacitações em um projeto itinerante com mais de 5 anos de duração passando por muitos municípios do interior da Bahia, com foco voltado à capacitação para Agentes Comunitários de Saúde e profissionais da atenção básica dos postos locais.

O NASPEC dispõe de uma equipe multidisciplinar de médicos, técnicos de enfermagem, enfermeiras, psicólogas, assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogas, farmacêuticos, massoterapeutas e voluntários que atuam em ações diversas.

A instituição possui uma infraestrutura atual de 72 leitos hospitalares em enfermarias equipadas para internação e suporte para os cuidados paliativos, além de enfermarias, refeitório, sala de entretenimento, copa, cozinha, acomodações para acompanhantes (feminino e masculino).

Além de dispor de salas de capacitações, artesanato, consultório médico, salas de fisioterapia, psicologia, serviço social, fonoaudiologia, posto de enfermagem, além de atividades de Yoga, massoterapia, psicoterapia, acupuntura, e ações de todas as religiões.

Fonte: Aline Silva

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem