TOP TV WEB

Lorena Castro dá vida Violet Beaugard em ‘Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate – O Musical’

          Lorena Castro dá vida Violet Beaugard em ‘Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate – O Musical’


Lorena Castro dá vida a personagem Violet Beaugard, na montagem brasileira do espetáculo da Broadway 'Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate'.


Divulgação


O espetáculo conta a história de Charlie, um garoto que consegue um bilhete dourado para visitar a fábrica de chocolate de Willy Wonka, junto de outras crianças. Durante essa visita, uma dessas crianças seria escolhida para ser o sucessor de Wonka e se tornar o dono da fábrica. Lorena interpreta Violet, uma diva pop que ama mascar chicletes, e é uma das crianças que ganha o bilhete dourado e tem a chance de visitar a fábrica de chocolates.

Lorena Castro faz sua estreia profissional em ‘Charlie’. Antes deste espetáculo a atriz interpretou a Sr. Capuleto no espetáculo 'Mania de Romeu Explica Julieta', da Casa de Artes Operária, com texto de Vitor Rocha. 

Em ‘Charlie – O Musical’ Lorena divide a personagem com as atrizes Nina Medeiros e Lanna Moutinho.


Sobre o musical:


Willy Wonka está há anos isolado em seus pensamentos e fantasias. Sai ao mundo para buscar um sucessor de coração puro que possa tomar seu lugar. Ele lança o concurso de busca a um dos cinco bilhetes dourados colocados aleatoriamente em suas barras de chocolates. As estratégias de cada um dos premiados para encontrarem os bilhetes começará a revelar suas formas de lidar com situações e revelará suas personalidades.

As crianças premiadas, acompanhadas por um familiar, entram na fábrica acolhidas por seu dono, e mergulham em um mundo da mais pura fantasia. Este passeio, por vários dos setores que fabricam e desenvolvem seus incríveis e mágicos produtos, permitirá a gradativa eliminação das crianças que não têm os atributos de valores e afeto que Willy Wonka enxerga em si mesmo, quando ele próprio era uma criança.

A montagem conta com efeitos especiais nunca antes vistos em cena no Brasil, como os que serão usados para o desaparecimento das crianças ao longo da visita à Fábrica. Além disso, oito projetores de ponta foram locados especificamente para o projeto, devido às diversas cenas com projeção mapeada que serão complementadas por um painel de LED de 18m por 16m.

Escrito por Roald Dahl, o livro Charlie and the Chocolate Factory foi publicado em setembro de 1964, inicialmente nos Estados Unidos. Em 1971, foi lançada a primeira adaptação para o cinema. O primeiro esboço para o roteiro foi escrito pelo próprio Roald Dahl e posteriormente reescrito por David Seltzer, dando origem ao filme Willy Wonka and the Chocolate Factory, com direção de Mel Stuart e Gene Wilder no papel de Willy Wonka. No Brasil, o filme foi traduzido como A Fantástica Fábrica de Chocolate. Em 1972, o filme foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora Original e Gene Wilder foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Ator em Comédia ou Musical.

A segunda adaptação para o cinema foi feita em 2005, com direção de Tim Burton, roteiro de John August e Johnny Depp no papel de Willy Wonka, lançada com o título original do livro: Charlie and the Chocolate Factory. No Brasil, o filme foi novamente traduzido como A Fantástica Fábrica de Chocolate. Foi indicado ao Oscar na categoria de Melhor Figurino e ao BAFTA nas categorias de Melhor Maquiagem, Melhor Figurino, Melhor Direção de Produção e Melhores Efeitos Especiais. Johnny Depp foi indicado ao Globo de Ouro na categoria de melhor Ator em Comédia ou Musical e Wonka's Welcome Song foi indicada ao Grammy na categoria de Melhor Canção.

Em junho de 2013, o musical Charlie and the Chocolate Factory estreou no West End (UK), adaptado por David Greig. Além de utilizar a música Pure Imagination, retirada da adaptação cinematográfica de 1971, o musical apresentou uma nova trilha escrita por Marc Shaiman e Scott Wittman.

O musical foi reformulado na Broadway e estreou em 2017. Em 2018, foi iniciada uma turnê do espetáculo nos Estados Unidos. Em seguida o espetáculo foi realizado em Sydney (2019), Melbourne (2019), Milão (2019) e Oslo (2019).


Serviço:

CHARLIE E A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE

Teatro Renault (1.570 lugares)

Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411 - Bela Vista

Bilheteria: de terça a sábado das 12h às 18h; em dias de eventos até o início dos mesmos. Aceita cartões de crédito (Amex, Visa, Credicard e MasterCard), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro. Ar condicionado. Acessibilidade.

Vendas: ticketsforfun.com.br

Sexta-feira às 20h30, Sábado às 15h30 e 20h30 e Domingo às 14h30 e às 19h30

Ingressos: De R$ 50,00 a R$ 310,00

Duração: 150 minutos (com 20' de intervalo)

Classificação Indicativa: Livre

Gênero: Teatro Musical


Observando os protocolos de saúde, o espetáculo do Instituto Artium de Cultura admitirá apenas pessoas vacinadas contra a COVID-19 e contará com a capacidade de público limitada a 80% do espaço garantindo o distanciamento social, além de medidas de segurança como a disponibilização de álcool em gel em diferentes pontos estratégicos, entradas e saídas organizadas e testagem de toda a equipe.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem