TOP TV WEB

Mês das mulheres: Ursula Monteiro indica 5 filmes com mulheres extraordinárias

 

No mês das mulheres a cineasta fala sobre 5 dicas de filme com mulheres fantásticas.

 


Elas são confidentes, amigas, irmãs, profissionais brilhantes, salvam vidas, são inteligentes e comandam um país, elas são mulheres e estão conquistando, cada vez mais, o seu papel nas telonas. Por isso, a atriz, roteirista e diretora, Ursula Monteiro - que acabou de gravar duas produções independentes, o curta-metragem “Val” e a minissérie “Nevermind”, preparou uma lista com cinco filmes nos quais as protagonistas são mulheres extraordinárias que inspiram outras mulheres.

1 - A Dama de Ferro - Antes de se posicionar e adquirir o status de verdadeira dama de ferro na mais alta esfera do poder britânico, Margaret Thatcher (Meryl Streep) teve que enfrentar vários preconceitos na função de primeira-ministra do Reino Unido, em um mundo, até então, dominado por homens. Durante a recessão econômica causada pela crise do petróleo, no fim da década de 70, a líder política tomou medidas impopulares, visando a recuperação do país.

2 - Estrelas Além do Tempo - Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial, ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigado a trabalhar à parte. Grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

3 - Joy - Criativa desde a infância, Joy Mangano (Jennifer Lawrence) entrou na vida adulta conciliando a jornada de mãe solteira com a de inventora e tanto fez que tornou-se uma das empreendedoras de maior sucesso dos Estados Unidos.

4 - Uma Mulher de Talento - Erin (Julia Roberts) é a mãe de três filhos que trabalha num pequeno escritório de advocacia. Quando descobre que a água de uma cidade no deserto está sendo contaminada e espalhando doenças entre seus habitantes, convence seu chefe a deixá-la investigar o assunto.

5 - Suprema - Ruth Bader Ginsburg (Felicity Jones) se formou em direito nas instituições mais prestigiosas do país: Harvard e Columbia, sempre como primeira aluna de sua turma. Mesmo assim, ela enfrentou o machismo dos anos 1950 e 1960, quando tentou encontrar emprego, sendo recusada pelos principais escritórios de advocacia.

“Selecionei filmes inspirados em fatos reais, de mulheres que tiveram que cumprir um certo papel na sociedade e que foram à luta por aquilo que elas acreditavam. São mulheres que tiveram dificuldades para conseguir realizar seus desejos, mas que mesmo com toda a dificuldade foram à luta, não desistiram e conseguiram vencer. São filmes que trazem inspiração para quem assiste e faz você querer lutar pelo acredita”, conta Úrsula.

 

Por: Clilton Paz.

Fonte: Thais Fernandez.

Foto: Divulgação.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem